Abrir menu principal

Alterações

Sem alteração do tamanho, 07h49min de 27 de junho de 2014
m
general cleanup utilizando AWB
Em [[1812]], a Academia foi transferida para novas instalações, no [[Largo de São Francisco de Paula]], no edifício em que atualmente funciona o [[Instituto de Filosofia e Ciências Sociais]] (IFCS) da [[Universidade Federal do Rio de Janeiro]].
 
Com a proclamação da [[independência do Brasil]], a Academia foi reformulada e unida a [[Academia Real dos Guarda-Marinhas]] e ao [[Observatório astronômico]], em [[1832]].<ref>[http://brasiliana.com.br/obras/a-instrucao-e-o-imperio-1-vol/pagina/536/texto MOACYR, Primitivo. A instrução e o Império - 1º vol., 1936.]</ref> A Academia Militar e de Marinha, era dividida em quatro cursos científicos: curso [[matemática| matemático]] com quatro anos de duração; curso militar, de dois anos; curso de pontes e calçadas, dois anos; curso de [[construção naval]], dois anos.
 
Os cursos deveriam ser frequentados pelos oficiais de acordo com sua especialização: os oficiais de infantaria e cavalaria deveriam frequentar o primeiro ano do curso matemático e o do curso militar; os de artilharia os três primeiros anos do curso matemático e o primeiro do curso militar; os engenheiros militares e os oficiais do [[Estado Maior]], os três primeiros do curso matemático os dois do curso militar; os oficiais da marinha e os engenheiros geógrafos todo o curso matemático mais a prática do Observatório; os engenheiros de pontes e calçadas os três primeiros anos do curso matemático e os dois do curso de pontes e calçadas; os engenheiros construtores navais três primeiros anos do curso matemático e os dois do curso de construção naval.<ref>[http://brasiliana.com.br/obras/a-instrucao-e-o-imperio-1-vol/pagina/537/texto MOACYR, Primitivo, op. cit., p.537-40]</ref>
Em [[11 de janeiro]] de [[1839]], o regulamento muda, estabelecendo que devia ser adaptado daquele da ''Escola Politécnica e na de Aplicação de Metz, na França.<ref>[http://brasiliana.com.br/obras/a-instrucao-e-o-imperio-1-vol/pagina/547/texto MOACYR, Primitivo. op. cit., p.547]</ref>
 
{{ref-sectionreferências|Notas}}
 
== {{Bibliografia}} ==
{{Esboço-mil}}
 
{{SeminterwikiSem interwiki}}
 
[[Categoria:Exército Português]]
83 263

edições