Abrir menu principal

Alterações

Sem alteração do tamanho, 00h06min de 1 de julho de 2014
m
Foram revertidas as edições de 177.10.11.73 (usando Huggle)
=== O movimento no campo ===
Os distúrbios se estenderam por todo o ano, atingindo picos de agitação no início do [[verão]] e no [[outono]], culminando em novembro. Arrendatários queriam aluguéis mais baixos; trabalhadores contratados exigiam melhores salários; pequenos proprietários queriam mais terras.
 
kjkj
As atividades variaram desde ocupações de terra, algumas vezes seguidas de violência e incêndio, pilhagem das grandes propriedades e [[caça]] e desmatamento em áreas proibidas. Na região de Samara os camponeses criaram sua própria república, que foi sufocada por tropas do governo. O nível de animosidade de cada região era diretamente proporcional às condições dos camponeses. Os com-terra de [[Livland]] e [[Kurland]] atacaram e queimaram, enquanto outros, que viviam nos distúrbios de [[Grodno]], [[Kovno]] e [[Minsk]], com melhores condições de vida, foram menos violentos. No total, 3.228 distúrbios necessitaram de intervenção militar para restaurar a ordem, e os proprietários sofreram prejuízos de aproximadamente 29 milhões de [[rublo]]s.
 
122 145

edições