Diferenças entre edições de "Paliativismo"

584 bytes adicionados ,  12h36min de 2 de julho de 2014
Conceito de equipe e finalidade do tratamento.
m (general cleanup utilizando AWB)
(Conceito de equipe e finalidade do tratamento.)
'''Paliativismo''' é o conjunto de práticas [[médica]]sde assistência ao paciente incurável que visa oferecer dignidade e diminuição de sofrimento mais comum em [[paciente]]s terminais ou em estágio avançado de determinada [[enfermidade]] <ref>Tempo de envelhecer: percursos e dimensões psicossociais/ organização Ligia Py...[et al.]. - Rio de Janeiro: NAU Editora, 2004.</ref>.
 
São cuidados providos por uma equipe multidisciplinar composta por [[médico]], [[fisioterapeuta]], [[terapeuta ocupacional]], [[fonoaudiólogo]], [[farmacêutico]], [[biomédico]] equipe de [[enfermagem]], [[psicólogo]] e algum profissional ligado ao campo religioso como um [[padre]] ou [[pastor]]. A equipe deve ter como finalidade o alívio da dor, e maximização das habilidades funcionais remanescentes, fazendo com que assim o paciente tenha a maior autonomia e dignidade possíveis, para que ele possa, ao seu modo, se preparar para a [[morte]].
 
Os cuidados paliativos, baseados nos conceitos da [[Ortotanásia]], se concentram em amenizar os [[sintoma]]s da doença e dar apoio físico e [[psicológico]] ao paciente e à família, integrando diferentes profissionais da área médica, havendo ou não possibilidade de cura. A prática é menos conhecida e utilizada em [[países subdesenvolvidos]].<ref>[http://www.praticahospitalar.com.br/pratica%2048/pdfs/mat%2018.pdf Prática Hospitalar, 2006.]</ref><ref>[http://www.antropologia.com.br/res/res28_1.htm Comunidade virtual de antropologia.]</ref>
13

edições