Diferenças entre edições de "BITNET"

8 bytes adicionados ,  23h50min de 15 de julho de 2014
sem resumo de edição
m
A '''BITNET''' ([[acrônimo]] de "''Because It's Time to NETwork''" ou "''Because It's There NETwork''") foi uma [[rede de computadores|rede]] remota criada em 1981 a partir da ligação entre a [[Universidade da Cidade de Nova Iorque]] e a [[Universidade Yale]], que visava proporcionar um meio rápido e barato de comunicação para o meio acadêmico.<ref name=COPPE>{{citar web|url=http://www.voip.nce.ufrj.br/cursos/images/files/mab51020062/a%20trajet%F3ria%20da%20internet%20no%20brasil%20-%20marcelo%20savio.pdf|titulo=A Trajetória da Internet no Brasil|autor=Marcelo Sávio R. M. de Carvalho|ano=2003|publicado=COPPE/UFRJ|acessodata=11 de maio de 2013}}</ref> Era administrada pelo CREN (''Corporation for Research and Educational Networking'') em [[Washington D.C.]], e usada para fornecer serviços de [[correio eletrônico]] e de transferência de arquivos entre [[computador de grande porte|computadores de grande porte]] em instituições educacionais e de pesquisa na [[América do Norte]], na [[América do Sul]], [[Europa]] e [[Japão]]. Chegou a alcançar mais de 2 500 [[universidade]]s e [[instituto de pesquisa|institutos de pesquisa]] em todo o mundo.
 
A BITNET utilizava um software da IBM chamado [[RSCS]] (''Remote Spooling Communication Subsytem of '') e o protocolo [[NJE]] (''Network Job Entry'') em vez do [[TCP/IP]], mas podia trocar mensagens de correio eletrônico com a [[Internet]].<ref name=COPPE/>
 
Até o início da década de 1990, a BITNET tinha alguma importância na conectividade mundial, mas foi definitivamente suplantada pela maior abrangência da Internet. A principal aplicação da BITNET foi a manutenção de listas de distribuição. A diferença mais visível entre a BITNET e a Internet está nos endereços dos servidores. Os domínios da BITNET eram formados por dois caracteres que identificavam o país, seguidos imediatamente pelo nome do servidor (geralmente a sigla da instituição), sem separadoresse paradores. Os domínios localizados nos Estados Unidos eram exceção, por não possuirem o código de identificação do país. São exemplos de endereços típicos da BITNET: XXXXX@BRLNCC ([[ Laboratório Nacional de Computação Científica]], no Brasil) ou XXXXX@CUNYVM ([[Universidade da Cidade de Nova Iorque]], nos Estados Unidos).
 
{{referências}}
Utilizador anónimo