Ataque de força bruta: diferenças entre revisões

498 bytes adicionados ,  28 de julho de 2014
sem resumo de edição
Em [[criptografia]], um '''ataque de força bruta''', ou '''busca exaustiva de chave''', é um [[Criptoanálise|ataque criptoanalítico]] que pode, em teoria, ser usado contra quaisquer dados criptografados (exceto para dados criptografados de uma maneira [[segurança da informação teórica|segura na teoria da informação]]). Tal tipo de ataque pode ser usado quando não é possível tomar vantagem de outras fraquezas em um sistema de criptografia (se existir) que tornariam a tarefa mais fácil. Ele consiste de verificação sistemática de todas as possíveis [[Chave (criptografia)|chaves]] e [[senha]]s até que as corretas sejam encontradas. No pior dos casos, isto envolveria percorrer todo o [[Espaço de chave (criptografia)|espaço de busca]].
Em [[criptografia]], um '''ataque de força bruta''' é uma [[estratégia]] usada quebrar a [[cifragem]] de um dado. Consiste em percorrer a lista [[Chave (criptografia)|chaves]] possíveis com um [[algoritmo de busca]] até que a chave correta seja encontrada.
 
A seleção de um [[tamanho de chave]] apropriado depende de possibilidade prática de fazer um ataque de força bruta. Ao ofuscar o dado a ser codificado, ataques de força bruta se tornam menos efetivos, sendo mais difícil determinar o sucesso da busca utilizado por analistas de vulnerabilidade
 
{{DEFAULTSORT:Ataque Forca Bruta}}
[[Categoria:Criptografia]]
 
[[Categoria:Ataques criptográficos]]
[[de:Brute-Force-Methode#Kryptologie]]
[[Categoria:Criptografia]]