Diferenças entre edições de "Epacta"

1 100 bytes adicionados ,  18h27min de 6 de agosto de 2014
m
Epacta
m (Epacta)
<!-- Apresentação do conceito astronómico de Epacta em relação ao seu uso no calendário litúrgico -->
 
'''Epacta''' (palavra decom origem [[Latim|latina]]na ''epactae'', ''-ārum,'' e esta por sua vez formada a partir dopalavra [[Língua grega|gregogrega]] ἐπακταί, com o sentido de [dias] 'acrescentados' ou 'interpolados' que deu origem à palavra [[Latim|latina]] ''epactae'', ''-ārum,'' donde passou à língua portuguesa) é um conceito astronómico usado desde a [[antiguidade clássica]] para designar a idade da Lua em qualquer data ou dia do ano, ou também o número de dias que passaram desde a última [[Lua Nova]] ou novilúnio.<ref>Cf.{{citar web|url=https://es.wikipedia.org/wiki/Epacta |título=Epacta |acessodata=6 de agosto de 2014 |publicado=Wikipedia|língua=espanhol }}</ref>.
 
Quando usado para se referir a um determinado ano civil -diz, por exemplo, que a '''Epacta''' deste ano de [['''2014]]''' é [['''29]]''' -, esse número indica a idade da Lua no último dia do ano anterior<ref>Ou, o que é equivalente, a idade da Lua no primeiro dia do ano menos 1.</ref>, ou oseja, que no dia 31 de dezembro de [[2013]] a idade da Lua era '''29''', número que indica o total de dias passados desde ao dia da [[Lua Nova]] do mês de [[dezembro]] anterior- ouem dezembro de 2013 a idadeLua nova ocorreu a 3 de dezembro<ref>{{citar web |url=http://oal.ul.pt/documentos/faselua2013.pdf |título=Fases da Lua noem primeiro2013 dia|acessodata=6 dode anoagosto menosde 12014 dia|autor=OAL - Observatório Astronómico de Lisboa |formato=pdf |língua=português }}</ref>.
 
De uma forma geral pode dizer-se também que a [[Epacta]] é o número de [[dia]]s que o [[ano]] trópico|ano solar trópico]], de 365 dias, tem a mais que o "ano" lunar" comum de 12 lunações, ecom 354 dias, o que corresponde aproximadamentea 11. Daqui resulta que a [[Epacta]] de um ano é um número com um valor superior em 11 unidades à [[diaEpacta]]s do ano anterior<ref>Sempre que a soma é superior a um mês lunar de 30 dias, subtrai-se 30 ao valor encontrado.</ref>.
 
Os calendários litúrgicos cristãos, desde a [[Idade Média]], usavam habitualmente o [[Número áureo nos calendários|Número áureo]] para indicar a data de [[Lua Nova]] em cada dia de cada mês e assim, comsabendo esse valor e sabendoconhecendo a [[Letra dominical]] do mesmo ano, se podia calcular oa diadata da [[Páscoa]] e de todas as festas móveis dela dependentes, cálculo era simplificado com a apresentação de uma tabela com esses mesmos elementos.
 
A reforma introduzida pelo [[Calendário gregoriano]], através da [[Bula]] [[Inter gravissimas]] ([[1582]]) reintroduziupreferiu as '''Epactas'''[[Epacta]]s em substituição dosaos [[Número áureo nos calendários|Números áureos]] para conseguir uma aproximação maior aproximação e mais duradouroduradoura para o cômputo da [[Páscoa]]. No entanto, também tabelasforam queapresentadas se podemtabelas encontrarcom as equivalências ao longo dos séculos entre os valores da [[Epacta]] e dos [[Número áureo nos calendários|Números áureos]] de cada ano<ref>Cf.{{citar web |url=http://www.nuestrocalendario.info |título=Nuestro Calendario. Una explicación científica, simple y completa del calendario lunisolar eclesiástico |acessodata=6 de agosto de 2014 |autor=Wenceslao Segura González |formato=pdf |páginas=57-58|língua=espanhol }}</ref>.
 
{{Ver também}}
8 574

edições