Abrir menu principal

Alterações

57 bytes removidos ,  13h44min de 26 de agosto de 2014
desambiguação / link repetido ou desnecessário
 
== Geografia ==
Mogúncia situa-se na margem esquerda do rio [[Rio Reno|Reno]], frente à confluência com o [[rioRio Meno|Meno]].
 
População (2002): 183 822 (adicionalmente 18 619 pessoas mantêm uma residência principal noutros sítios mas têm uma segunda casa em Mogúncia).
 
Com a redivisão dos estados alemães após a Segunda Guerra Mundial, Mogúncia perdeu os bairros localizados na margem direita do rio [[Reno]], [[Kastel]], [[Kostheim]] e [[Amöneburg]], que passaram à administração da cidade de [[Wiesbaden]], atual capital de [[Hesse]], além dos bairros ao sul do rio [[Meno]], [[Bischofsheim]], [[Ginsheim]] e [[Gustavsburg]], que passaram a fazer parte do distrito de [[Groß-Gerau]]. Até hoje, a cidade de Mogúncia e os próprios habitantes dos bairros do AKK (Amöneburg, Kastel, Kostheim) reivindicam que eles sejam devolvidos.
 
== História ==
No [[século {{séc|I]]}}, a cidade foi ocupada pelo [[Império Romano]], depois de batalhas com os povos germânicos residentes no local e sendo a capital da província romana da [[Germânia Superior]]. As construções romanas, como fortificações, [[aquedutos]] e obras de engenharia, estão preservadas até hoje. Nesta época, a cidade era chamada de '''"Moguntiaco'''" (''Moguntiacum'') e era a base da ''[[Legio I Adiutrix|Legio I ''Adiutrix]]'' e da ''[[Legio XXII Primigenia|Legio XXII ''Primigenia]]''.
 
No final do [[século {{séc|XV]]}}, [[Johannes Gutenberg]], que tinha sua oficina em Mogúncia, inventou a imprensa, sendo a [[Bíblia]] o primeiro [[livro]] impresso.
 
A [[24 de Agosto]]agosto de [[1348]], os cerca de 3000 judeus da cidade foram massacrados após uma batalha campal de vários dias, acusados de serem a causa da [[Peste Negra]] que grassava no Palatinado.
 
A [[Catedral de Mogúncia]] (ou Catedral de São Martim) é um dos expoentes da arquitectura românica na [[Europa]] e data do [[século {{séc|X]]}}.
 
O arcebispo de Mogúncia era um dos [[príncipe-eleitor|príncipes-eleitores]] do [[Sacro Império Romano-Germânico]].
 
=== Educação ===
A instituição de ensino mais importante é a [[Universidade de Mogúncia]] (''Johannes-Gutenberg-Universität'') fundada em [[1477]]. A universidade oferece cursos de graduação, pós-graduação e de especialização.
 
=== Comunicação ===
* {{flagicon|United Kingdom}} [[Watford]] no [[Reino Unido]] (1956)
* {{flagicon|France}} [[Dijon]] na [[França]] (1957)
* {{flagicon|France}} [[Longchamp]] na [[França]] (1966) {{dn}}
* {{flagicon|Croatia}} [[Zagreb]] na [[Croácia]] (1967)
* {{flagicon|Italy}} [[Rodengo|Rodengo-Rodeneck]], [[Tirol do Sul]] na [[Itália]] (1977) com Mainz-Finthen
40 016

edições