Diferenças entre edições de "Orquestra Experimental de Repertório"

469 bytes adicionados ,  18h47min de 29 de agosto de 2014
Atualização do release da orquestra; link atualizado da Prefeitura de São Paulo; Secretaria de Cultura, remoção do item "Reconhecimento"
m (general cleanup utilizando AWB)
(Atualização do release da orquestra; link atualizado da Prefeitura de São Paulo; Secretaria de Cultura, remoção do item "Reconhecimento")
Etiquetas: Editor Visual Remoção considerável de conteúdo Referências removidas
Com mais de duas décadas de história, a '''Orquestra Experimental de Repertório''' (OER) é hoje um dos principais grupos de formação em nosso país. Com sede na Praça das Artes, a OER se apresenta no Theatro Municipal e em outros espaços da Cidade de São Paulo, dentro da política de descentralização da Secretaria Municipal de Cultura.Criada em 1990 pelo maestro Jamil Maluf, a partir da Orquestra Jovem Municipal de São Paulo, a orquestra ocupou lugar de destaque nas temporadas sinfônicas e líricas do Theatro Municipal, com programações regulares e ininterruptas ao longo dos anos.<br>
A '''Orquestra Experimental de Repertório''' é uma [[orquestra]] [[brasil]]eira que foi fundada em [[1990]] por [[Jamil Maluf]] seu atual [[maestro]]. A [[orquestra]] tem aproximadamente 99 músicos e seu repertório engloba [[música erudita]], trilhas de [[cinema]], [[música popular]] e espetáculos experimentais com grupos de [[teatro]].
Sob direção do maestro Carlos Eduardo Moreno desde fevereiro de 2014, o grupo inicia as apresentações da integral das Sinfonias de Beethoven na Sala do Conservatório, das Sinfonias de Brahms no Theatro Municipal, além de uma série no Auditório Ibirapuera e apresentações no Teatro Paulo Eiró e nos CEUs, com o objetivo de enriquecer ainda mais a formação dos bolsistas e levar a OER para além do centro da Cidade.<br>
 
Ligada à diretoria de Formação da Fundação Theatro Municipal, a OER tem papel fundamental no projeto de integração que parte da Escola Municipal de Música, passando pelas orquestras Infanto-Juvenil e Jovem Municipal de São Paulo, e que tem como objetivo preparar músicos de excelência para as grandes orquestras profissionais, como a Sinfônica Municipal de São Paulo.
A orquestra já se apresentou com o grupo [[instrumental]] mineiro [[Uakti]] e já foi regida pelo maestro [[Lorin Maazel]].<ref name = "Maluf">[http://www.guiaerudito.com.br/entrevistas/Jamil%20Maluf/entrevista_jamil_pg2.htm Entrevista com Jamil Maluf], Guia Erudito.</ref> É um dos corpos estáveis do [[Teatro Municipal de São Paulo]].
 
== Reconhecimento ==
Em [[2001]], quando da reestréia da [[ópera]] [[Carmen]] de [[Bizet]] no Teatro Alfa de [[São Paulo]] (com direção cênica de [[Carla Camurati]]), o jornal [[Folha de São Paulo]] elogiou a orquestra dizendo que é uma orquestra "que se comporta com a retidão musical de poucos outros conjuntos sinfônicos brasileiros.<ref>[http://www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u17796.shtml Folha Ilustrada], Folha de São Paulo.</ref>
 
== {{Ver também}} ==
* [[Erica Hindrikson]]
* [[Lista de orquestras]]
{{referências|Notas}}
 
== Referências ==
<u>http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/cultura/teatromunicipal/corpos_artisticos/index.php?p=1037</u><ref>{{citar web|URL = http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/cultura/teatromunicipal/corpos_artisticos/index.php?p=1037|título = Orquestra Experimental de Repertório|data = |acessadoem = 29/08/2014|autor = |publicado = }}</ref>
* MONTEIRO, Lúcia. ''Cordas, madeiras, metais e percussão''. Veja SP, 27 de junho de 2001, pp.&nbsp;12–21.
 
== {{Ligações externas}} ==
* [http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/cultura/teatromunicipal/corpos_artisticos/index.php?p=1037 Corpos estáveis do Teatro Municipal], Secretaria da Cultura da Prefeitura de São Paulo.
Utilizador anónimo