Diferenças entre edições de "Twitter"

10 664 bytes removidos ,  10h36min de 19 de setembro de 2014
hue
(nd)
(hue)
BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh BR BR hueuehueheuheuehueh
{{Info/Sítio
| nome = Twitter
| razao_social = Twitter, Inc.
| logotipo = [[Ficheiro:Twitter logo 2012.svg|180px]]
| descricao = Logotipo do Twitter
| fundo =
| slogan = "What's happening?"<br />([[Brasil]]: "O que está acontecendo?")<br />([[Portugal]]: "O que está a acontecer?")
| nomes_anteriores =
| pago = Não
| cadastro = Sim
| gênero = [[Rede social]]<br />[[Microblogging]]
| país = {{USA}}
| idiomas = 37 idiomas, incluindo o [[Português do Brasil|Português]]
| data_lancamento = {{Data de lançamento|ano=2006|mês=7|dia=15}}
| data_extinção =
| pageviews =
| alexa = {{increase}} 11 (3 de setembro de 2013)<ref>{{Citar web |url=http://www.alexa.com/siteinfo/twitter.com |título=twitter.com – Traffic Details from Alexa |língua=inglês |publicado=[[Alexa Internet]] |acessodata=03 de setembro de 2013}}</ref>
| desenvolvedor = Twitter, Inc.
| proprietário = [[Jack Dorsey]]<br /> Evan Williams<br /> Biz Stone<br />[[Investidores]]
| url = {{URL|http://twitter.com/}}
}}
'''Twitter''' (pronuncia-se {{IPA2|ˈtwɪtər|IPA|}}, sendo {{IPA2|ˈtwɪɾɚ|IPA|}}, dominante em [[inglês estadunidense]]) é uma [[rede social]] e um [[servidor]] para ''[[microblogging]]'', que permite aos [[usuários]] enviar e receber atualizações pessoais de outros contatos (em textos de até 140 [[caractere]]s, conhecidos como "''tweets''"), por meio do ''website'' do serviço, por [[Serviço de mensagens curtas|SMS]] e por [[softwares]] específicos de gerenciamento.
 
As atualizações são exibidas no [[Perfil (comunidade)|perfil]] de um usuário em [[tempo real]] e também enviadas a outros usuários seguidores que tenham assinado para recebê-las. As atualizações de um perfil ocorrem por meio do [[site]] do Twitter, por [[RSS]], por [[Serviço de mensagens curtas|SMS]] ou programa especializado para gerenciamento. O serviço é gratuito pela [[internet]], entretanto, usando o recurso de SMS pode ocorrer a cobrança pela operadora telefônica.
 
O twitter foi criado em [[2006]] por Marcelo Lima, [[Evan Williams]], [[Biz Stone]] e [[Noah Glass]]<ref>http://info.abril.com.br/noticias/mercado/2013/11/cada-fundador-do-twitter-forcou-o-outro-a-sair-da-empresa-diz-biografo.shtml</ref> nos [[EUA]]. A ideia inicial dos fundadores era que o Twitter fosse uma espécie de "SMS da internet" com a limitação de caracteres de uma mensagem de celular. Inicialmente chamada Twttr (sem vogais), o nome da rede social, em inglês, significa gorjear. A ideia é que o usuário da rede social está "piando" pela internet.<ref>{{citar web|URL=http://convergenciadigital.uol.com.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=33475&sid=4#.UkFTCoaUSEU|título=Redes sociais: Criador do Twitter rejeita comparação com o Facebook |autor=|data=|publicado=|acessodata=}}</ref> Desde sua criação, o Twitter ganhou extensa notabilidade e popularidade por todo mundo. Algumas vezes é descrito como o "SMS da Internet".<ref>{{citar web|url=http://www.business-standard.com/india/news/swine-flu%5Cs-tweet-tweet-causes-online-flutter/356604/|título=Swine flu's tweet tweet causes online flutter|data=29 de abril de 2009|autor=Leslie D'Monte|publicado=Business Standard|acessodata=28 de maio de 2009}}</ref> Dick Costolo é o [[CEO]] da empresa e [[Jack Dorsey]] é o [[Chairman]].<ref>{{citar web|URL=http://exame.abril.com.br/mercados/noticias/twitter-pode-transformar-investidores-em-bilionarios|título=Twitter pode transformar investidores em bilionários|autor=|data=|publicado=|acessodata=}}</ref>
 
No dia 12 de setembro de 2013, por meio do perfil da empresa no próprio Twitter, foi informado que ela havia enviado à [[SEC]] ([[CVM]] dos [[EUA]]) documentos confidenciais para sua abertura de capital na Bolsa de Valores, operação também conhecida como [[IPO]] (Oferta Pública Inicial, em inglês). No dia 7 de novembro de 2013, o Twitter fez sua estreia na Bolsa de Nova York. Todas as 70 milhões de ações colocadas no mercado foram vendidas. Seu valor chegou a subir até 90% de alta em relação ao valor estipulado inicialmente na abertura do pregão.<ref>{{citar web|URL=http://g1.globo.com/economia/mercados/noticia/2013/11/acoes-do-twitter-estreiam-em-alta-na-bolsa-de-ny.html|título=Ações do Twitter estreiam em alta na bolsa de NY|autor=|data=07/11/2013|publicado=Globo|acessodata=7 de novembro de 2013}}</ref> Na ocasião, a empresa captou US$1,82 bilhão no mercado e foi avaliada em US$24,57 bilhões<ref>http://www.valor.com.br/empresas/3332060/em-sua-estreia-na-bolsa-twitter-termina-o-dia-com-valorizacao-de-73</ref>.
 
== Ferramentas ==
=== Retweet ===
O retweet é uma função do Twitter que consiste em replicar uma determinada mensagem de um usuário para a lista de seguidores, dando crédito a seu autor original.<ref>{{citar web|url=http://www.pbagora.com.br/coluna.php?id=20100321204100&cat=politica&keys=twitter-completa-quatro-anos|titulo=Twitter completa quatro anos|ultimo=PB Agora|acessodata=14/04/2010}}</ref><ref>{{citar web|url=http://jornaltecnologia.com.br/2009/07/28/o-que-e-um-retweet/|titulo=http://jornaltecnologia.com.br/2009/07/28/o-que-e-um-retweet/|ultimo=Jornal Tecnologia|acessodata=14/04/2010}}</ref> Na página de início do site existe um botão chamado retweetar, que faz o envio automático da mensagem para todos seguidores da pessoa. Antigamente, os usuários realizavam isto de forma manual, acrescentando um RT ao lado da @''[[alcunha]]'' de quem escreveu. Quando um texto é "retweetado", o termo "RT" aparece em negrito no início da mensagem.
 
=== Twitter List ===
Twitter List ou Lista do Twetter é um recurso disponível no Twitter que permite ao usuário criar listas compartilháveis de usuários. O que dinamiza a leitura dos tweets já que se torna possível ler o conteúdo postado por grupos de seguidores.
 
=== Trending Topics ===
Os Trending Topics (TTs) ou Assuntos do Momento são uma lista em tempo real das frases mais publicadas no Twitter pelo mundo todo. Valem para essa lista os marcadores, também conhecidos por hashtags, (#) e nomes próprios.
 
O recurso de Trending Topics usa por padrão a abrangência total, mas também é possível filtrar por países como [[Argentina]], [[Australia|Austrália]], [[Brasil]], [[Canada|Canadá]], [[Estados Unidos]], [[Itália]], [[Alemanha]], [[Espanha]], [[Reino Unido]] e outros, ou cidades como Londres, Los Angeles, Miami, Nova Iorque, Rio de Janeiro, São Paulo e outras.
 
=== API ===
Sorteios, promoções, e até mesmo uma análise mais aprofundada da opinião dos usuários a respeito da sua marca ou serviço já pode ser feita através de [[API]]s desenvolvidas. Um fator que influência na alta taxa de empresas com seu desenvolvimento voltado ao Twitter é a documentação que é fornecida pela equipe de desenvolvedores do serviço.
 
== Estimativas de usuários ==
A estimativa do número de usuários é baseada em pesquisas independentes já que a [[empresa]] não informa oficialmente número de contas ativas. Em novembro de [[2008]], Jeremiah Owyang estimou que o Twitter possuía entre 4 a 5 milhões de usuários.<ref name=Aneesh>{{citar web|autor=Jeremiah Aneesh|título=Social Networks Site Usage: Visitors, Members, Page Views, and Engagement by the Numbers in 2008|url=http://www.web-strategist.com/blog/2008/11/19/social-networks-site-usage-visitors-members-page-views-and-engagement-by-the-numbers-in-2008/|data=19 de novembro de 2008|acessodata=16 de fevereiro de 2009}}</ref> Já em maio de [[2009]], outro estudo analisou mais de 11 milhões e meio de contas de usuários.<ref>{{citar web|url=http://www.sysomos.com/insidetwitter/|título=An In-Depth Look Inside the Twitter World|publicado=Sysomos|língua=inglês|data=junho de 2009|acessodata=21 de junho de 2009}}</ref> Um estudo da [[Universidade de Harvard]] concluiu que apenas 10% dos usuários produzem 90% do conteúdo.<ref>{{citar web|url=http://news.bbc.co.uk/2/hi/technology/8089508.stm|título=Twitter hype punctured by study|publicado=BBC News|língua=inglês|data=9 de junho de 2009|acessodata=21 de junho de 2009}}</ref>
 
Em [[Fevereiro]] de [[2009]] o [[blog]] "Compete.com" elegeu o Twitter em terceiro lugar como [[rede social]] mais usada ([[Facebook]] em primeiro lugar, seguido do [[MySpace]]).<ref name=Kazeniac>{{citar web|autor=Andy Kazeniac|título=Social Networks: Facebook Takes Over Top Spot, Twitter Climbs|url=http://blog.compete.com/2009/02/09/facebook-myspace-twitter-social-network/|data=9 de fevereiro de 2009|publicado=Compete.com|acessodata=17 de fevereiro de 2009}}</ref>
 
Posteriormente, em [[14 de Setembro]] de [[2010]], o Twitter divulgou em seu próprio site o número total de usuários registrados: 175 milhões<ref>{{citar web|url=http://twitter.com/about}}</ref>.
 
== Conectividade com outras redes sociais ==
O Twitter permite um excelente intercâmbio de informações com diversas redes sociais, entre elas o [[Facebook]], em que é possível com que tudo que o usuário poste no Twitter seja postado em sua conta do Facebook também e vice-versa, o [[Formspring.me]] e o [[Skoob]], que permitem que o usuário envie mensagens pré-programadas para o Twitter através deles, e o [[Tumblr]] que dá a opção de que o usuário escolha a mensagem que será enviada para o Twitter.
 
Com a criação do Twitter também surgiram diversas redes sociais dependentes dele que permitiam o envio de fotos e vídeos, como o [[Twitpic]] e o [[Twitvid]]. Outros, como o [[TwitDraw]], permitiam que o usuário começasse um desenho e seus seguidores o completassem, e o [[Fun140]] e [[LOLquiz]] que hospedam testes cujo resultado é enviado diretamente para o Twitter.
 
Websites como o [[Yfrog]] e [[Flickr]] também permitem o envio de mensagens para o Twitter.
 
== Usos e manifestações sociais ==
Em [[Março]] de [[2009]], o Twitter foi uma das principais ferramentas de divulgação do Pillow Fight Day - uma guerra pública de travesseiros acontecida em várias cidades do mundo. [[Rio de Janeiro (cidade)|Rio de Janeiro]], [[São Paulo (cidade)|São Paulo]], [[Brasília]], [[Santos]], [[Fortaleza]], [[Araraquara]], [[Belém]], [[Belo Horizonte]], [[Bragança Paulista]], [[Campo Grande]], [[Curitiba]], [[Florianópolis]], [[Goiânia]], [[Guarulhos]], [[Manaus]], [[Natal (Rio Grande do Norte)|Natal]], [[Porto Alegre]], [[Recife]], [[Ribeirão Preto]], [[Salvador (Bahia)|Salvador]], [[Santa Maria (Rio Grande do Sul)|Santa Maria]], [[São João Del Rei]], [[São Luís]], [[Sorocaba]], [[Uberaba]], [[Uberlândia]] e [[Vitória (Espírito Santo)|Vitória]] foram algumas cidades [[brasil]]eiras em que houve a manifestação.
 
Se destacou na mídia o uso do Twitter durante as manifestações políticas ocorridas na [[Moldávia]] em reação ao resultado das eleições legislativas no início de [[2009]]. A ferramenta também esteve presente no debate político e na movimentação da oposição durante a [[Eleição presidencial do Irã em 2009 ‎]]. Durante o [[Apagão elétrico de 2009]], as primeiras informações das regiões atingidas pelo [[blecaute]] foi fornecida através dos usuários do Twitter, através de postagens via celular, e lida por emissoras de rádio que faziam plantão naquele momento.
 
Em janeiro de [[2010]] foi realizada a primeira conexão e acesso pessoal à [[Internet]] de origem espacial, utilizando o Twitter.<ref name="G1 - Twitterespaço">{{citar web|url=http://g1.globo.com/Noticias/Mundo/0,,MUL1459687-5602,00-MENSAGEM+PELO+TWITTER+INAUGURA+CONEXAO+A+INTERNET+A+PARTIR+DO+ESPACO.html|titulo=Mensagem pelo Twitter inaugura 1ª conexão à internet a partir do espaço|ultimo=[[Portal G1]]|acessodata=23/01/2010}}</ref> O [[astronauta]] [[Timothy Creamer]], escreveu "Hello Twitterverse" no serviço de microblogging,<ref name="G1 - Twitterespaço" /> através do endereço do Twitter http://twitter.com/astro_tj.<ref name="Terra - espaço">{{citar web|url=http://tecnologia.terra.com.br/interna/0,,OI4222261-EI4802,00.html|titulo=Astronauta manda primeira mensagem no Twitter do espaço|ultimo=Terra|acessodata=23/01/2010}}</ref>
 
Devido ao sucesso do Twitter, um grande número de serviços semelhantes foram lançados. Alguns são disponibilizados em [[país]]es específicos, outros unem outras funções, como a partilha de arquivos que era oferecido pelo [[Pownce]].
 
=== Publicidade ===
O Twitter também tem sido constantemente utilizado por grandes [[empresa]]s para a divulgação de suas [[marca]]s, através de constantes atualizações, sempre ligando o "[[consumidor]]" a uma página onde possa encontrar mais informações sobre o [[serviço]] ou [[produto]] oferecido. Além disso, o Twitter tem se mostrado um ótimo instrumento para o fortalecimento das marcas no ambiente virtual, pois agrega seguidores que recebem as atualizações enviadas pelas empresas, porém ainda é uma ferramenta que deve ser melhor explorada para esse fim.
 
No artigo publicado em [[14 de abril]] de [[2009]], no [[The New York Times]], a [[jornalista]] Claire Cain Miller afirmou que a utilidade mais produtiva do Twitter tem sido para aquelas empresas que desejam ouvir os [[cliente]]s e oferecer reações imediatas às opiniões deles. A [[Dell]], por exemplo, percebeu que os clientes estavam reclamando de que o apóstrofo e as teclas de retorno estavam próximas demais no [[laptop]] Dell Mini 9. O problema foi reparado. Na [[Starbucks]], os clientes costumavam reclamar deixando notas em uma caixa de sugestões. Agora, eles podem também enviar a reclamações ou sugestões via Twitter.
 
No [[Brasil]], o destaque da mídia para ações publicitárias no Twitter tem sido para a venda de um [[apartamento]] realizada pela construtora [[Tecnisa]]. O perfil da empresa no Twitter foi criado em [[20 de Fevereiro]] de [[2008]], mas, somente em [[13 de Julho]] de [[2008]], começou a ser utilizado para uma divulgação. Tratava-se do lançamento do Acquaplay, em [[Santos]].
 
Em [[23 de Fevereiro]] de [[2009]], Romeo Bussarello, diretor de marketing da empresa chegou a afirmar: "usamos para comunicar lançamentos e novidades (…) Tenho consciência de que não vou vender um apartamento via Twitter." Porém, cerca de 4 meses depois, a construtora concluiu a primeira venda por meio do Twitter. A promoção realizada na rede social oferecia R$ 2.000,00 em vale-compras, além de armários e cozinhas planejados, somente para as compras geradas por meio desta forma de contacto. A oferta levou o consumidor a efetivar a compra de uma unidade de três suítes no empreendimento Verana, localizado no [[Alto da Lapa]], em [[São Paulo (cidade)|São Paulo]], ao custo de R$ 500 mil. "Provavelmente este é o produto mais caro vendido pelo Twitter no mundo. E, com certeza, é a primeira venda concretizada por uma empresa do segmento da construção civil, utilizando redes sociais. Esta conquista inédita fortalece nossa estratégia de divulgação on-line dos imóveis. Afinal, conseguimos um excelente resultado com um baixo investimento", afirmou Busarello.
 
A [[Google]] e a [[Microsoft]] entraram em um acordo com o Twitter para que os tweets postados diariamente pelos milhões de usuários da [[rede social]], apareçam nos resultados dos buscadores, tanto da Google, quanto da Microsoft, no caso o [[Bing]]. A Google está pagando US$ 15 milhões e a Microsoft US$ 10 milhões e serão os primeiros a fazer experiências com os dados coletados.<ref>{{Citar web |url=http://www.adnews.com.br/destaque.php?id=98379 |título=Título ainda não informado (favor adicionar) |língua= |autor= |obra= |data= |acessodata=}}</ref> A Yahoo também pode vir a fazer parte desse acordo.<ref>{{Citar web |url=http://www.band.com.br/jornalismo/tecnologia/conteudo.asp?ID=200610 |título=Twitter quer acordo com a Microsoft e Google para exibir conteúdo |língua= |autor= |obra= |data= |acessodata=}}</ref>
 
== Twitter na lusofonia ==
Segundo o grupo de pesquisa norte-americano ''Web Ecology'', a [[língua portuguesa]] é a segunda mais utilizada pelo Twitter.<ref>{{citar web|url=http://www1.folha.uol.com.br/folha/informatica/ult124u627761.shtml|titulo=Português é segunda língua mais usada no Twitter, conclui pesquisa|data=22/09/2009|obra=Folha Online|acessodata=7/02/2010}}</ref> Um estudo da Semiocast, no entanto, mostra que a língua portuguesa é a terceira mais utilizada, atrás do [[Língua inglesa|inglês]] e do [[Língua japonesa|japonês]].<ref>{{citar web|url=http://semiocast.com/static/downloads/Semiocast_Half_of_messages_on_Twitter_are_not_in_English_20100224.pdf|título=Half of messages on Twitter are not in English=Semiocast|língua=inglês|data=24 de fevereiro de 2010|acessodata=24 de fevereiro de 2010}}</ref><ref name="Globo - Tecnologia">{{citar web|url=http://g1.globo.com/Noticias/Tecnologia/0,,MUL1503695-6174,00-PORTUGUES+E+A+TERCEIRA+LINGUA+MAIS+USADA+NO+TWITTER+SEGUNDO+PESQUISA.html|titulo=Português é a terceira língua mais usada no Twitter, segundo pesquisa|ultimo=Globo|acessodata=24/02/2010}}</ref>
 
Em maio de 2011 [[Rosana Hermann]] lançou um livro pela editora [[Panda Books]], intitulado ''Um passarinho me contou – Relatos de uma viciada em twitter''. O livro é baseado em histórias vividas por ela desde a sua entrada na rede social em abril de 2007<ref>{{citar web|url=http://www.bluebus.com.br/show/2/102409/sai_em_maio_livro_da_rosana_hermann_sobre_o_twitter_um_passarinho_me_contou}}</ref>.
 
Em [[junho]] de [[2011]], o Twitter terminou de ser traduzido para o [[português]] e os usuários ganharam a opção de usar a rede social nesta língua. A tradução foi feita em conjunto com os usuários, que acessavam um painel onde havia cada uma das frases a ser traduzidas, e outros usuários votavam nas melhores traduções.
 
=== Perfil do usuário brasileiro ===
De acordo com uma pesquisa realizada pela agência [[Bullet]], a maioria (61%) dos usuários do Twitter no Brasil é composta por homens na faixa de 21 a 30 anos, solteiros, localizados principalmente nos estados de [[Minas Gerais]], do [[Paraná]], do [[Rio de Janeiro]], do [[Rio Grande do Sul]] e de [[São Paulo]]. Na maior parte, são pessoas com [[ensino superior]] completo e renda mensal compreendida entre R$ 1.000,00 e R$ 5.000,00.
 
Ainda segundo a pesquisa, esse público gasta cerca de 50h semanais conectados à [[Internet]]. Cerca de 60% dele é considerado formadores de opinião: possuem um [[blog]]; conhecem a ferramenta através de amigos ou [[post]]s em outros blogs.
 
Sobre o uso da ferramenta por empresas, a pesquisa informa um cenário muito favorável. A maioria (51%) dos usuários consultados disseram achar interessantes os perfis corporativos, desde que sejam utilizados com relevância. Aproximadamente 50% dos usuários nunca participaram de ações promocionais. Ainda assim, consideram uma experiência interessante. Cerca de 30% já participaram de alguma ação publicitária e 70% seguem ou já seguiram algum perfil corporativo.
 
Na pesquisa, foram consultados 3268 brasileiros por meio do site da Bullet e o Migre.me, no período de 27 a [[29 de abril]] de [[2009]].
 
Em [[janeiro]] de [[2012]], o Twitter ganha uma nova versão.
 
Em [[fevereiro]] de [[2014]], o Twitter passa a ser reformulado, ficando mais moderno, e a opção conectar é extinta, dando lugar as notificações, a rede passa a ficar quase idêntica ao [[Facebook]], a partir de [[11 de abril]], é alterada a opção do perfil, até ser oficializada no final de [[maio]]
 
== Controvérsias ==
=== Críticas ao Twitter ===
Algumas empresas mundiais estão proibindo o uso do Twitter, pois a limitação de 140 caracteres é supostamente prejudicial para um jornalismo de qualidade.<ref name="mediaite.com">{{citar web|url=http://www.mediaite.com/online/espn-bans-its-reporters-from-sports-related-twitter-activity|título=Twitter Ban Continues: ESPN Bans its Reporters From Sports-Related Social Media.||língua=inglês|acessodata=5 de agosto de 2009}}</ref> Além disso, o escritor, roteirista, jornalista, dramaturgo e vencedor de um prêmio [[Nobel de Literatura]], [[José Saramago]] fez uma dura crítica ao Twitter dizendo: "''Os tais 140 caracteres reflectem algo que já conhecíamos: a tendência para o monossílabo como forma de comunicação. De degrau em degrau, vamos descendo até o grunhido".''<ref name="Jornal O Globo">{{citar web|url=http://oglobo.globo.com/blogs/prosa/posts/2009/07/26/jose-saramago-fala-sobre-twitter-lula-seu-novo-livro-208101.asp|título=José Saramago fala sobre Twitter, Lula e seu novo livro|publicado=[[O Globo]]|língua=português|acessodata=29 de agosto de 2009}}</ref>
 
=== Invasão de crackers ===
Em agosto de [[2009]], o Twitter foi alvo do primeiro ataque de crackers. Quem tentava acessar ou logar no site, encontrou o site e sua conta sob o controle dos invasores, o que permaneceu por duas horas até sair do ar.
 
Na madrugada do dia [[18 de dezembro]] de [[2009]], ao clicar no Twitter, o usuário era redirecionado para página com aviso de grupo chamado "Exército Cibernético do Irã". O site saiu do ar por cerca de uma hora, informa o portal da rede de TV norte-americana [[CNN]]. Em seu blogue oficial, o Twitter disse que "os registros DNS (sigla em inglês para Sistema de Nomes de Domínios, que é um mecanismo que traduz o nome dos sites nos números que identificam as páginas) ficaram temporariamente comprometidos, mas agora foram consertados". A rede social não deu mais detalhes sobre o assunto.<ref name="R7">{{citar web|url=http://entretenimento.r7.com/jovem/noticias/twitter-sofre-invasao-de-hackers-e-fica-fora-do-ar-20091218.html|título=Twitter sofre invasão de hackers e fica fora do ar|publicado=[[R7]]|língua=português|acessodata=19 de dezembro de 2009}}</ref>
 
Coincidência ou não o caso do Irã com twitter é antigo. O Governo do Irã foi envolvido do caso, pois em junho de [[2009]], através do twitter, ocorreram manifestantes contra a reeleição de Mahmud Ahmadnejad, por conta das graves denúnicas de [[fraude eleitoral]], provocando, inúmeras reações negativas internas e externas. O twitter foi bloqueado diversas vezes no país.
 
Em [[25 de março]] de [[2010]], a Polícia anunciou a prisão no centro da [[França]], o ''"Hacker-croll"'', um pirata virtual que roubou as senhas de vários famosos no Twitter, entre eles, o grupo musical britânico Duran Duran, o ''"presidente de uma grande empresa pública francesa"'' e o atual presidente dos [[Estados Unidos]], [[Barack Obama]]. O jovem de 25 anos foi detido após uma investigação conjunta entre autoridades da França e dos Estados Unidos, diz o jornal Le Parisien. A prisão do jovem só foi facilitada, após criar blogue no qual narrava o sucesso das invasões, não só no Twitter, mas também em outras redes sociais como o [[Facebook]] e em contas pessoais de e-mail.<ref>{{citar web|url=http://noticias.r7.com/tecnologia-e-ciencia/noticias/franca-prende-hacker-que-roubou-senhas-de-famosos-no-twitter-20100325.html|título=França prende hacker que roubou senhas de famosos no Twitter|publicado=R7|língua=português|data=25/03/2010|acessodata=25/03/2010}}</ref>
 
Às vésperas de [[7 de setembro]] de [[2010]], hackers brasileiros aproveitaram uma falha de XSS para criar um [[worm]] que se espalhava automativamente através de um link. Clicando no link o usuário enviava suas informações aos hackers que tratavam de manipular essas informações e forçar o envio de uma mensagem contendo o mesmo link no Twitter do usuário. As mensagens enviadas variaram desde morte a fotos sensuais de artistas conhecidos.<ref>{{citar web|url=http://noticias.r7.com/tecnologia-e-ciencia/noticias/falsa-morte-de-cantor-da-banda-restart-se-espalha-por-meio-de-virus-no-twitter-20100906.html|título=Falsa morte de cantor da banda Restart se espalha por meio de vírus no Twitter|publicado=R7|língua=português|data=6/09/2010|acessodata=7/09/2010}}</ref>
 
=== Casos de suicídios ===
Em agosto de [[2009]], a publicitária brasileira de ascendência japonesa Marisa Toma, mais conhecida como ''Ematoma'', de 33 anos foi encontrada morta dentro do apartamento onde morava na cidade de São Paulo. Segundo investigações, Marisa Toma cometeu suicídio, ao golpear faca no peito no apartamento na cidade de [[São Paulo]]. Antes de se matar, deixou recado suicida no twitter que recebe nome ''ematoma'',<ref>{{citar web|url=http://www.soullivre.com/2009/08/21/caso-ematoma-publicitaria-encontrada-morta-em-sao-paulo/|titulo=Caso @ematoma: Publicitária Encontrada Morta em São Paulo|autor=|data=21 de agosto de 2009|publicado=Soul Livre|acessodata=}}[http://www.soullivre.com/?p=195 Texto Original]</ref> Não deixou recado os motivos pelo suicídio, mas nas últimas semanas, ela estava deprimida. Era proprietária do site Objetos de Desejo.<ref>{{cite web|url=http://g1.globo.com/Noticias/SaoPaulo/0,,MUL1276430-5605,00-PUBLICITARIA+E+ACHADA+MORTA+COM+FACA+NO+PEITO+EM+AREA+NOBRE+DE+SP+DIZ+POLIC.html|title=G1 > Edição São Paulo - NOTÍCIAS - Publicitária é achada morta com faca no peito em área nobre de SP, diz polícia|publisher=g1.globo.com|accessdate=2010-03-30|last=|first=}}</ref> Depois que a morte dela foi divulgada, o perfil ''@ematoma'' saiu do ar.
 
No dia [[11 de fevereiro]] de [[2010]], o famoso estilista britânico, que assumiu a homossexualidade, [[Alexander McQueen]], foi encontrado morto enforcado na residência em Londres. Segundo legistas, a morte ocorreu na véspera, no dia [[10 de fevereiro]]. Uma semana antes, dia [[2 de fevereiro]], a mãe do estilista, Joyce McQueen, morreu e avisou [[3 de fevereiro|no dia seguinte]] através do twitter: ''“Estou avisando todos os meus seguidores que minha mãe morreu ontem, e que se ela não tivesse dado à luz, vocês também não me teriam. Descanse em paz”'', seguido de ''“Mas a vida deve seguir em frente !!!!!!!!!!!!!!!”''.<ref>{{Citar web |url=http://estilo.uol.com.br/moda/ultnot/2010/02/11/estilista-britanico-alexander-mcqueen-e-encontrado-morto.jhtm |título=Estilista britânico Alexander McQueen é encontrado morto |língua=Português |autor=Da Redação |obra=UOL Estilo e Moda |data=11-02-2009 |acessodata=22-03-2010}}</ref> Desde então, nunca conseguiu superar a perda da mãe e entrou em depressão. No dia [[7 de fevereiro]], postou no twitter: ''"noite de domingo, tem sido uma semana terrível, mas meus amigos têm sido ótimos, agora preciso de alguma forma me recompor."'' Desde então não saiu da residência e se matou três dias depois.<ref>{{Citar web |url=http://moda.terra.com.br/interna/0,,OI4259365-EI1119,00-Estilista+Alexander+McQueen+e+encontrado+morto+em+Londres.html |título=Estilista Alexander McQueen é encontrado morto em Londres |língua=Português |autor=Mariana Baccarin |obra=Terra Moda |data=11-02-2010, 13h43; Atualizada às 17h35 |acessodata=22-03-2010}}</ref> Após o anúncio da morte, o perfil do estilista do twitter foi retirado do ar no mesmo dia.
 
=== Casos de preconceito ===
Na [[eleição presidencial no Brasil em 2010]], a candidata [[Dilma Roussef]] obteve uma média de 70% de votos na [[Região Nordeste do Brasil|região nordeste]] do país. Isso incentivou, logo após a divulgação dos resultados do pleito em [[31 de outubro]] de [[2010]], uma série de mensagens preconceituosas contra nordestinos, considerados "culpados" pelo sucesso da candidata (apesar de uma análise criteriosa demonstrar que ela se elegeria mesmo sem os votos da região).<ref name="lista">{{citar web|url=http://br.noticias.yahoo.com/s/05112010/48/manchetes-ministerio-publico-recebe-lista-1.html|titulo=Ministério Público recebe lista com 1.037 perfis de usuários do Twitter acusados de racismo|autor=Por Redação|data=5 de Novembro de 2010, 06h13|publicado=Yahoo! Brasil|acessodata=5-11-2010}}</ref><ref>{{citar web|url=http://noticias.terra.com.br/eleicoes/2010/noticias/0,,OI4767396-EI15315,00.html|título="Dilma se elegeria sem contar com Norte e Nordeste"|publicado=''[[Terra Networks|Terra]]''}}</ref>
 
Um dos casos de mais destaque foi o de Mayara Petruso, estudante de direito de São Paulo, que escreveu: ''"Nordestisto não é gente, faça um favor a SP, mate um nordestino afogado!"''.<ref name="Justiça">{{citar web|url=http://br.noticias.yahoo.com/s/03112010/48/manchetes-justica-apurar-ofensas-nordestinos-na.html|titulo=Justiça vai apurar ofensas contra nordestinos na internet|autor=Juliano Costa|data=3 de Novembro de 2010, 4h34|publicado=Yahoo! Brasil|acessodata=5-11-2010}}</ref> Diante das denúncias e publicações da imprensa, no dia 3 de novembro a OAB de Pernambuco entrou com notícia-crime no Ministério Público Federal em São Paulo contra a autora das citadas mensagens.<ref name="lista" /> Mayara foi condenada, no dia 16 de maio de 2012, a 1 ano, 5 meses e 15 dias de [[reclusão]] pela juíza da 9ª Vara Criminal Federal de São Paulo. A pena, entretanto, foi convertida em [[multa]] de 500 reais e prestação de serviços comunitários, uma vez que Mayara não possuía antecedentes criminais e já havia sofrido "forte punição moral".<ref>{{citar web |url=http://noticias.r7.com/brasil/noticias/estudante-que-ofendeu-nordestinos-no-twitter-e-condenada-20120516.html |título=Estudante que ofendeu nordestinos no Twitter é condenada |publicado=R7 |data=16-5-2012 |lingua2=pt}}</ref><ref>{{citar web |url=http://exame.abril.com.br/economia/brasil/crime/noticias/justica-condena-jovem-que-ofendeu-nordestinos-no-twitter |título=Justiça condena jovem que ofendeu nordestinos no Twitter |publicado=Exame |data=16-5-2012 |lingua2=pt}}</ref>
 
No dia 4 de novembro, a ONG SaferNet entrou com mesmo processo no MPF, identificando 1.037 perfis de usuários que postaram mensagens preconceituosas contra nordestinos.<ref name="lista" /> Boa parte deles foi listada no ''[[tumblr]]'' "Diga Não à Xenofobia".<ref>{{citar web|url=http://xenofobianao.tumblr.com|título=Tumblr Diga Não à Xenofobia}}</ref> Os casos de preconceito no Twitter acabaram repercutindo no exterior, com publicação de uma matéria no jornal ''[[The Telegraph]]'', do Reino Unido.<ref>{{citar web|url=http://br.noticias.yahoo.com/s/04112010/48/manchetes-ofensas-nordestinos-no-twitter-ganham.html|titulo=Ofensas a nordestinos no Twitter ganham repercussão no exterior|autor=Por Redação|data=4 de Novembro de 2010, 8h05|publicado=Yahoo! Brasil|acessodata=5-11-2010}}</ref>
 
=== UberTwitter e Twidroyd ===
Em [[18 de fevereiro]] de [[2011]], o twitter suspendeu os aplicativos mobile [[UberTwitter]] e Twidroyd por violarem as normas de privacidade e de marca registrada.<ref>{{citar web|url=http://tecnologia.terra.com.br/noticias/0,,OI4952848-EI12884,00-Twitter+suspende+UberTwitter+e+Twidroyd+por+violarem+normas.html|título=Twitter suspende UberTwitter e Twidroyd por violarem normas|autor=|data=18 de fevereiro de 2011, 21h07|publicado=Terra|acessodata=}}</ref> O twitter bloqueia centenas de aplicativos que violam as políticas do site, mas para este caso, o twitter tomou uma atitude diferente ao compartilhar esse fato com a mídia pois a suspensão afeta um grande número de usuários.<ref>{{citar web|url=http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2011/02/twitter-suspende-aplicativos-populares-para-smartphones.html|título=Twitter suspende aplicativos populares para smartphones|autor=|data=18 de fevereiro de 2011, 19h11|publicado=G1|acessodata=}}</ref> O UberTwitter se manifestou no seu twitter oficial dizendo ter mudado algumas normas para voltar ao normal. Logo em seguida, o site e o twitter da empresa passa a se chamar "UberSocial".<ref>{{citar web|url=http://www.ubersocial.com/ http://www.ubersocial.com/}}</ref> Já a partir de [[21 de fevereiro]] de [[2011]] os aplicativos voltaram ao normal.<ref>{{citar web|url=http://tecnologia.ig.com.br/noticia/2011/02/21/twitter+restaura+acesso+a+aplicativos+ubersocial+e+twidroyd+apos+uma+semana+10370284.html|título=Twitter restaura acesso a aplicativos UberSocial e Twidroyd após uma semana}}</ref>
 
{{Referências|col=2}}
 
== Ver também ==
{{Correlatos
|commons = Category:Twitter
}}
* [[Vine (aplicativo)|Vine]]
* [[Identi.ca]]
* [[Microblogging]]
* [[Serviço de mensagens curtas|SMS]]
* [[TweetDeck]]
* [[Twitcam]]
* [[Twitpic]]
* [[Twitterberry]]
* [[Web 2.0]]
* [[Zingled]]
 
== Ligações externas ==
* {{Oficial|http://twitter.com/|de|en|es|pt-br|fr|it|ja}}
 
{{Redes sociais}}
{{Portal3|Tecnologia|Empresas}}
[[Categoria:Blogs]]
Utilizador anónimo