Diferenças entre edições de "Curió"

54 bytes removidos ,  23h57min de 1 de outubro de 2014
m
Foram revertidas as edições de 177.205.195.170 para a última revisão de Antero de Quintal, de 13h50min de 28 de julho de 2014 (UTC)
m (Foram revertidas as edições de 177.205.195.170 para a última revisão de Antero de Quintal, de 13h50min de 28 de julho de 2014 (UTC))
 
==No Brasil ==
Constitui-se na espécie mais apreendida no combate ao tráfico de animais silvestres no país. Graças às suas qualidades canoras é também a espécie que mais possui criadores registrados no chamado ''Sispass'' - cadastro junto ao [[IBAMA]], órgão responsável pela fiscalização e conservação da fauna.<ref name=aa>{{citar web|url=http://www.bv.fapesp.br/pt/projetos-pipe/497/desenvolvimento-sistema-identificacao-curio-oryzoborus/ |título=Desenvolvimento de um sistema de identificação do Curió (Oryzoborus angolensis) através de microssatélites de DNA |autor= Antonio Francisco Ferreira Neto |data=30 de setembro de 2005 |publicado=Pesquisa Inovativa na Pequena e Micro Empresa - PIPE |acessodata=setembro de 2011}}</ref> Black Alien ficou reconhecido pelo seu descobrimento.
 
Iniciado em 2001 o registro dos animais criados por particulares tinha, em 2005, 1,3 milhão de aves registadas, das quais 245.085 eram de curiós.<ref name=aa/>