Diferenças entre edições de "Sete Colinas de Lisboa"

39 bytes adicionados ,  22h39min de 6 de outubro de 2014
sem resumo de edição
 
== Proveniência lendária e factos ==
A ideia destas presumíveis sete colinas poderia advir dos [[Romanos]], que viam em Felicidade Júlia (''Felicitas Julia'') ou Olisipo (''Olissipo'') uma estrutura geográfica semelhante à da capital do [[Império Romano| império Romano]]. A lenda refere que Roma, quando foi fundada, era rodeada por Sete Colinas, a saber: [[Campidoglio]], [[Quirinale]], [[Viminale]], [[Esquilino]], [[Célio]], [[Aventino]] e [[Palatino]].
 
Mas independentemente desta proveniência lendária popular foi Frei Nicolau de Oliveira, como já referido, empenhado em arranjar um paralelo apressado com a cidade de Roma que as referiu pela primeira vez no [[século XVII]]. Com o crescimento urbano, estendeu-se a outras elevações e, no [[século XVI]], [[Damião de Góis]] já a descrevia espalhada por cinco colinas: Esperança, São Roque, Sant'Ana, Senhora do Monte (ou [[Catarina de Alexandria| Santa Catarina do Monte Sínai]]) e Castelo (ou [[São Jorge]]).