Diferenças entre edições de "José Rebelo Perdigão"

Sem alteração do tamanho ,  15h40min de 2 de dezembro de 2006
sem resumo de edição
Em 1700, José Rebelo Perdigão escreveu que «quando se descobriu o ribeirão [[Bento Rodrigues]], nome do cabo de tropa, este tanto produzia que em algumas bateadas se tiraram 200, 300 oitavas, e sendo a pinta geral de duas ou três e acudiu tanta gente que em [[1697]] o alqueire de milho valiaa 64 oitavas!
 
Quando o governador [[Artur de Sá e Menezes]] subiu às Minas de novo em 1700, em [[6 de outubro]] renovou a provisão dada a José Rebelo Perdigão, desde 16[[16 de setembro]] de [[1697]], como Secretário da Repartição do Sul. Acompanhava-o e dele obteve uma data de terras aurífera no Ribeirão do Carmo, deixando assim seu cargo em [[1702]] para ser mineiro. Desde [[1701]] morava no Carmo. Reinol, terá a confiança de [[Manuel Nunes Viana]] que o fez nomear Superintendente das Minas do Ribeirão do Carmo, posto em que [[Antônio de Albuquerque Coelho de Carvalho]] o confirmará. Em julho de [[1711]] Perdigão, que era o juiz mais moço da Câmara do Carmo, foi também combater os franceses.
 
 
Utilizador anónimo