Diferenças entre edições de "Inventário"

759 bytes adicionados ,  00h15min de 10 de outubro de 2014
m
Revertendo para 1 de agosto de 2013
m (Reversão de uma ou mais edições de 89.109.65.30 para a versão 40251462 de Leon saudanha, com Reversão e avisos.)
m (Revertendo para 1 de agosto de 2013)
{{Mais notas|data=junho de 2014}}
[[Arquivo:Clerk inventory.JPG|300px|thumb|Funcionária de supermercado tailandês realizando '''inventário''']]
'''Inventário''' de [[bens]] disponíveis em [[estoque]] para venda no processo normal de um [[negócio]], ou a serem utilizados na fabricação de [[produto]]s comercializados pela [[empresa]].
 
Inventário deriva da palavra do latim ''inventarium'' que significa, relação de bens deixados por alguém e documento ou lista onde se encontram registrados bens contendo ou não uma enumeração detalhada ou minuciosa dos mesmos. Por exemplo no caso dos negócios, os inventários costumam conter a descrição do produto bem como a quantidade existente e o local onde se encontra <span id=refbDicionario>[[#refDicionario|(Dicionário, 2001)]]</span>.
== Inventário nos negócios ==
Cada país tem suas próprias regras sobre inventário na contabilidade; este artigo concentra-se na teoria econômica e nas regras financeiras e contábeis do Brasil.
== Inventário nos negócios ==
Cada  [[país ]] tem suas próprias regras sobre inventário na  [[contabilidade]]; este artigo concentra-se na teoria econômica e nas regras financeiras e contábeis do  [[Brasil]].
 
A definição de  '''inventário'''  dentro das empresas, normalmente segue as definições do  [[Conselho Federal de Contabilidade ]] através das  [[Normas Brasileiras de Contabilidade]].
 
No Brasil, as  [[pessoa jurídica|pessoas jurídicas ]] tributadas com base no  [[lucro real ]] deverão escriturar o Livro Registro de Inventário ao final de cada período: trimestralmente ou anualmente quando houver opção pelos recolhimentos mensais durante o curso do ano-calendário, com base na estimativa. No caso de utilização de balanço com vistas à suspensão ou redução do [[imposto ]] devido mensalmente, com base em estimativa, a pessoa jurídica que possuir registro permanente de estoques integrado e coordenado com a contabilidade somente estará obrigada a ajustar os saldos contábeis, pelo confronto da contagem física, ao final do ano-calendário ou no encerramento do período de apuração, nos casos deincorporaçãode [[incorporação]],  [[fusão]],  [[cisão ]] ou extinção de atividade.  <span id=refbMACIEL1997>[[#refMACIEL1997|(Maciel, 1997)]]</span>.
 
=== Exemplos ===
Enquanto que a  [[contabilidade financeira ]] utiliza normas que permitem ao público externo fazer comparações entre diversas empresas, para a  [[contabilidade de custos ]] a função interna para uma organização possui muito mais flexibilidade adequando-se às necessidades da empresa.
 
Também tem inventários (móveis, equipamentos, suprimentos,…) que não pretendem vender. O inventário das empresas de manufatura, distribuidores, e vendedores por atacado geralmente encontram-se reunidos em depósitos  [[depósito]]s ou almoxarifados, enquanto que vendedores ao varejo mantém o inventário em um depósito ou em lojas acessíveis ao  [[consumidor]]. O inventário nas empresas deve ser controlado, pois se não for controlado está sendo encorajado para que seja roubado, pois o inventário é econômico ou o que seria no "economês popular", "um dinheiro disfarçado na forma de um bem ou estoque", além disso se não for controlado, não se saberá o real nível de estoque e impossível de controlá-lo economicamente.
 
Quanto menos eficaz o sistema de controle interno, mais importante será a execução de inventários físicos na data do  [[Balanço]]. Empresas que tem bons controles analíticos de estoques podem adotar o sistema de contagens rotativas, isto é, contagens feitas durante o ano, cobrindo maior relevância e com uma freqüência menos os de pequena importância. Tendo-se um sistema de contagem rotativa bem aprimorado, pode evitar-se a contagem física dos itens na data do durante o período todos os itens na forma de rodízio, contando com mais freqüência os itens de Balanço.
 
As organizações de manufatura normalmente dividem seus produtos em inventário em:
* [[matéria-prima ]] - materiais e componentes a serem utilizados na fabricação de um produto.
* material em processo ([[:en:Work in process|:en:WIP]]) - materiais e componentes que já começaram a sua transformação para um produto acabado.
* produto acabado - produto pronto para a venda ao consumidor;
* produtos para revenda.
186 462

edições