Abrir menu principal

Alterações

12 bytes adicionados ,  12h36min de 12 de outubro de 2014
m
sem resumo de edição
Em [[10 de junho]] de [[1886]], o sobrinho de Leopoldo, o rei [[Luís II da Baviera|Luís II]], foi declarado mentalmente incompetente, o que fez Leopoldo ser nomeado [[regente]]. Após a misteriosa morte de Luís II, ocorrida poucos dias depois, ele continuou a servir como regente para o novo rei, [[Oto da Baviera|Oto]], o irmão louco de Luís II.
 
Leopoldo foi acusado de ter sido o [[Assassínio|assassino]] de seu sobrinho, mas o afável e decoroso príncipe acabou se tornando um dos governantes mais populares da Baviera. Uma de suas primeiras ações (em [[1º de agosto]] de [[1886]]) foi abrir muitos dos palácios de Luís II ao público.
 
A regência de Leopoldo foi marcada por atividades culturais e artísticas na Baviera, que prosperou sob um governo liberal, e [[Munique]] se tornou um centro cultural da Europa. O escritor [[Thomas Mann]] escreveu sobre esse período. Há muitas ruas nas cidades bávaras nomeadas em sua honra, bem como várias instituições e inclusive um [[bolo]].
1 368

edições