Diferenças entre edições de "Força Tática da Polícia Militar do Estado de São Paulo"

m
Removendo "FTSuspeitos.jpg", por ter sido apagado no Commons por Fastily: No permission since 13 October 2014: If you are the copyright holder/author and/or have authorization to publish the file, please e...
m (Removendo "FTCINZA02.jpg", por ter sido apagado no Commons por Fastily: No permission since 13 October 2014: If you are the copyright holder/author and/or have authorization to publish the file, please ema...)
m (Removendo "FTSuspeitos.jpg", por ter sido apagado no Commons por Fastily: No permission since 13 October 2014: If you are the copyright holder/author and/or have authorization to publish the file, please e...)
A Força Tática é uma modalidade de policiamento tático ostensivo da [[Polícia Militar do Estado de São Paulo]].
 
A Força Tática foi instituída pelo Coronel PM Carlos Alberto de Camargo, comandante geral da PMESP na época, após mudanças na política interna da Polícia Militar de São Paulo, que acabaram por decidir pela extinção do Patrulhamento Tático Móvel. A modalidade de patrulhamento foi criada no dia [[30 de Maio]] de [[1998]], ao se extinguirem as companhias administrativas dos batalhões da PMESP, que eram responsáveis por administrar os batalhões, e realizar reparos em viaturas e armamentos das demais companhias anexas ao batalhão. O investimento inicial na época foi de R$ 5,7 milhões, na compra de 183 viaturas [[Chevrolet Blazer]]<ref group="nota" name="Força tática da PM recebe R$ 5,7 mi">http://www1.folha.uol.com.br/fsp/cotidian/ff02059836.htm</ref>. [[File:FTSuspeitos.jpg|miniaturadaimagem|direita|Homens da Força Tática detém suspeitos]]
 
== Patrulhamento ==