Diferenças entre edições de "Otão-Guilherme da Borgonha"

36 bytes adicionados ,  16h44min de 24 de outubro de 2014
Foi filho de [[Adalberto da Itália|Adalberto de Ivrea]], [[Anexo:Lista de reis da Itália|rei da Itália]] ([[931]]-[[975]])<ref>Les Comtes Palatins de Bourgogne, Thierry Le Hête, Thierry Le Hête, 1ª Edição, La Bonneville-sur-Iton, 1995, pg. 25</ref><ref>a dinastia dos Capetos, Thierry Le HETE, Edição Autor do, 1 ª edição, A Bonneville-sur-Iton, 1998, pg. 13</ref> com Gerberga de Mâcon ([[947]] - c. [[980]]), filha de [[Lamberto de Chalon]] (c. [[930]] - [[22 de fevereiro]] de [[978]]) e de Adela de Donzy ([[925]] - [[980]]).
 
Foi baptizado apenas como '''Guilherme'''. Tinha cerca de onze anos quando o seu pai morreu. Adoptado pelo segundo esposo da sua mãe, [[Odo-Henrique, Duque da Borgonha|Odo-Henrique]] ou [[Odo-Henrique, Duque da Borgonha|Henrique I]], duque da Borgonha, tomou o nome de '''Otão-Guilherme'''.
 
Em cerca de 982 casou-se com [[Ermentrude de Roucy]] ([[Marne]], [[Reims]], [[958]] - [[5 de Março]] de 1002), filha de [[Reinaldo de Roucy]] (? - [[10 de maio]] de [[967]])<ref>[http://fmg.ac/Projects/MedLands/NORTHERN%20FRANCE.htm#RagenoldRoucydied967 Foundation for Medieval Genealogy, Ragenold, comte de Roucy]</ref>, conde de [[Roucy]] com [[Alberada da Lotaríngia]], filha de [[Gilberto de Lotaringia]] (c. [[800]] - [[939]]), [[duque da Lotaríngia]], e de [[Gerberga da Saxónia]], por cujo direito tornou-se conde de Mâcon. Na mesma época, recebeu da sua mãe os territórios que o tornariam no [[Condado da Borgonha]], ao redor de [[Dole (Jura)|Dole]]. Deste seu primeiro matrimónio nasceram:
Utilizador anónimo