Diferenças entre edições de "Iván Hurtado"

Sem alteração do tamanho ,  00h29min de 31 de outubro de 2014
Após fechar a carreira de jogador, Hurtado não continuou no futebol, preferindo seguir carreira política. Filiado à [[Alianza País]] (mesmo partido do presidente [[Rafael Correa]]), o ex-atleta disputou as [[eleições gerais no Equador em 2013|eleições gerais]] de 2013, conquistando uma cadeira na [[Assembleia Nacional do Equador]] - [[Agustín Delgado]] e [[Ulises de la Cruz]], ex-companheiros de "Bam Bam" na seleção do Equador, também se elegeram.
 
Afastou-se em novembro de 2013 para disputar a prefeitura de sua cidade natal, Esmeraldas<ref>[[El Telégrafo]]. [http://www.telegrafo.com.ec/politica/item/gabriela-rivadeneira-despide-a-11-asambleistas.html Gabriela Rivadeneira “despide” a 11 asambleístas] 8 de julho de 2014</ref>, mas acabou derrotado. DurantaDurante sua ausência na Assembleia, [[Isabel Mosquera]] ficou em seu lugar<ref>[[El Telégrafo]]. [http://www.telegrafo.com.ec/politica/ecos/item/isabel-mosquera-reemplaza-a-ivan-hurtado-en-asamblea.html Isabel Mosquera reemplaza a Iván Hurtado en Asamblea]. 8 de julho de 2014</ref>.
 
== Títulos ==
Utilizador anónimo