Fraternidade: diferenças entre revisões

12 bytes removidos ,  31 de outubro de 2014
m
Acerto no texto.
m (Ajustes)
m (Acerto no texto.)
A '''fraternidade''' é um conceito [[filosofia|filosófico]] profundamente ligado às ideias de [[Liberdade]] e [[Igualdade]] e com os quais forma o tripé que caracterizou grande parte do pensamento revolucionário francês. Vale lembrar que dos três, foi o único que não esteve no lema [[Iluminista]], que era "Liberdade, Igualdade, [[Progresso]]Fraternidade".
 
A ideia de fraternidade estabelece que o [[homem]], como animal [[Política|político]], fez uma escolha consciente pela vida em sociedade e para tal estabelece com seus semelhantes uma relação de igualdade, visto que em essência não há nada que hierarquicamente os diferencie: são como irmãos (''fraternos''). Este conceito é a peça-chave para a plena configuração da [[cidadania]] entre os homens, pois, por princípio, todos os homens são iguais. De uma certa forma, a fraternidade não é independente da liberdade e da igualdade, pois para que cada uma efetivamente se manifeste é preciso que as demais sejam válidas.
A ideia de afeto, união, carinho ou parentesco entre irmãos estava presente na palavra correspondente no grego comum do primeiro século - adelfótes. Segundo o apóstolo Pedro era o tipo de união que identifica os verdadeiros cristãos. - 1Pedro 2:17
 
Há alusões históricas de que a [[Maçonaria]] teria participado da [[Revolução Francesa]]. Malapert, orador do Supremo Conselho da França, escreveu em 1874, na revista La Chaine d´Union, "Para a prática da vida, procuramos uma formula capaz de reunir todas as condições desejáveis: “Liberté“[[Liberté, Egalitéégalité, Fraternité”fraternité]]” (“Liberdade, Igualdade, Fraternidade”) é a que melhor corresponde às aspirações dos maçons".
 
 
* [[Igualdade]]
* [[Liberdade]]
* [[Progresso]]
* [[Paz]]
* [[Amor]]
186 462

edições