Diferenças entre edições de "Sistema límbico"

80 bytes adicionados ,  19h41min de 3 de novembro de 2014
m
→‎Componentes do sistema límbico: Eliminação de desambiguações.
m (A palavra "registrada" estava grafada "registada".)
m (→‎Componentes do sistema límbico: Eliminação de desambiguações.)
Quanto às estruturas cerebrais na formação das [[emoções]], são algumas das partes mais importantes do sistema límbico:
 
* '''[[Amígdala cerebelosa|Amígdala]]''': A destruição experimental das amígdalas (são duas, uma para cada um dos hemisférios cerebrais) faz com que o animal se torne dócil, sexualmente indiscriminativo, afetivamente descaracterizado e indiferente às situações de risco. O estímulo elétrico dessas estruturas provoca crises de violenta [[agressividade]]. Em humanos, a lesão da amígdala faz, entre outras coisas, com que o indivíduo perca o sentido afetivo da percepção de uma informação vinda de fora, como a visão de uma pessoa conhecida. Ele sabe quem está vendo mas não sabe se gosta ou desgosta da pessoa em questão. Localizada na profundidade de cada [[lobo temporal]] anterior, funciona de modo íntimo com o [[hipotálamo]]. É o centro identificador de perigo, gerando medo e ansiedade e colocando o animal em situação de alerta, aprontando-se para [[Reação de lutar ou fugir|fugir ou lutar]].
 
* '''[[Hipocampo]]''': Envolvido com os fenômenos da memória de longa duração. Quando ambos os hipocampos (direito e esquerdo) são destruídos, nada mais é gravado na [[memória]]. Um hipocampo intacto possibilita ao animal comparar as condições de uma ameaça atual com experiências passadas similares, permitindo-lhe, assim, escolher qual a melhor opção a ser tomada para garantir sua preservação.
* '''[[Área tegmental ventral]]''': Grupo de neurônios localizados em uma parte do tronco cerebral. Uma parte dele secreta [[dopamina]]. A descarga espontânea ou a estimulação elétrica dos neurônios da região dopaminérgica na [[via mesolímbica]] produzem sensações de [[prazer]], algumas delas similares ao orgasmo. Indivíduos que apresentam, por defeito genético, redução no número de receptores das células neurais dessa área, tornam-se incapazes de se sentirem recompensados pelas satisfações comuns da vida e buscam alternativas "prazerosas" atípicas e nocivas como, por exemplo, [[alcoolismo]], [[cocaína|cocainomania]], compulsividade por alimentos doces e pelo jogo desenfreado.
 
* '''[[Septo]]''': Situado à frente do [[Tálamo (anatomia)|tálamo]], por cima do [[hipotálamo]]. A estimulação de diferentes partes desse septo pode causar muitos efeitos comportamentais distintos. Anteriormente ao tálamo, situa-se a área septal, onde estão localizados os centros do orgasmo (quatro para mulher e um para o homem). Certamente por isto, esta região se relaciona com as sensações de prazer, mormente aquelas associadas às experiências sexuais.
 
* '''[[Área pré-frontal]]''': Não faz parte do Lobo límbico tradicional, mas suas intensas conexões com o [[Tálamo (anatomia)|tálamo]], [[Amígdala cerebelosa|amígdala]] e outras sub-corticais, explicam o importante papel que desempenha na expressão dos estados afetivos. Está classicamente dividido em três áreas funcionais e anatômicas: a área dorsolateral, a área orbitofrontal e a área cingulada anterior.A área dorsolateral está relacionada com o raciocínio, permite a integração de percepções temporalmente descontinuas em componentes de ação dirigidos a um objectivo. A área orbitofrontal representa um interface entre os domínio afectivo/ emocional e a tomada de decisões centradas nos dominios pessoal e social. A área dorsolateral, funciona como um "secretário de direcção" da área dorsolateral, ao dirigir a atenção. Tem um papel igualmente importante na motivação do comportamento. As três áreas contribuem para o que se designa de "Funções Executivas". Quando o [[córtex]] pré-frontal é lesado , o indivíduo perde o senso de suas responsabilidades sociais (lesões orbitofrontais), bem como a capacidade de concentração e de abstração (lesões dorsolaterais). Em alguns casos, a pessoa, conquanto mantendo intactas a [[consciência]] e algumas funções cognitivas, como a linguagem, já não consegue resolver problemas, mesmo os mais elementares. Quando se praticava a [[lobotomia]] pré-frontal para tratamento de certos distúrbios psiquiátricos, os pacientes entravam em estado de "tamponamento afetivo", não mais evidenciando quaisquer sinais de alegria, tristeza, esperança ou desesperança. Portanto infere-se que o essa área é essencial para possibilitar [[afetividade]].
 
== Anatomia Descritiva ==
186 462

edições