Instituto Internacional da Língua Portuguesa: diferenças entre revisões

sem resumo de edição
O '''Instituto Internacional da Língua Portuguesa''' (IILP) temé uma históriainstituição queda começa,[[Comunidade oficialmente,dos emPaíses 1989,de quandoLíngua osPortuguesa|CPLP]] paísescom sede na [[Praia (Cabo Verde)|Praia]], capital de expressão[[Cabo portuguesaVerde]]. seSeus reúnemobjetivos são, emconforme Sãoos Luísestatutos, do Maranhão"a promoção, paraa pensardefesa, aso basesenriquecimento dee umaa comunidadedifusão deda [[língua portuguesa.]] Nacomo altura,veículo ade ideiacultura, deeducação, criaçãoinformação dee umacesso institutoao partiuconhecimento docientífico, entãotecnológico Presidentee dade Repúblicautilização dooficial Brasil,em Joséfóruns Sarneyinternacionais".
 
A sua criação foi proposta em [[1989]] pelo então Presidente da República do Brasil, [[José Sarney]], durante a primeira cimeira daquela organização internacional, realizada em [[São Luís do Maranhão]]. No entanto, só 10 anos depois, por ocasião da VI Reunião Ordinária do Conselho de Ministros da CPLP, em [[São Tomé e Príncipe]], o Instituto foi finalmente criado. De 2010 a 2014 dirige o Instituto o linguista brasileiro Gilvan Müller de Oliveira.
Contudo, o Instituto só se tornaria realidade mais de 10 anos depois, na VI Reunião Ordinária do Conselho de Ministros da Comunidade dos Países de Língua Oficial Portuguesa (CPLP), que entretanto se havia formado, reunião essa que realizada em São Tomé e Príncipe. Na reunião, foram traçadas orientações para a implementação desse organismo promotor da língua portuguesa.
 
Esta decisão levou à aprovação dos estatutos do IILP, com a escolha do país que acolheria a sua sede, neste caso a República de Cabo Verde, e a convocação da sua primeira Assembleia-Geral. Esta viria a ser realizada em abril de 2002, com Cabo Verde a ser escolhido para gerir os primeiros anos da existência do Instituto.
 
Somente em 2010 o IILP passou a contar com orientações dos chefes de Estado para uma política multilateral da língua, expressas no Plano de Ação de Brasília para a promoção, difusão e projeção da língua portuguesa, documento produzido na I. Conferência Internacional sobre o Futuro do Português no Sistema Mundial, realizada na capital brasileira em março de 2010.
 
O IILP tem como objetivos fundamentais “a promoção, a defesa, o enriquecimento e a difusão da língua portuguesa como veículo de cultura, educação, informação e acesso ao conhecimento científico, tecnológico e de utilização oficial em fóruns internacionais”.
 
Na gestão 2010-2012 o IILP concentrou-se no desenvolvimento das bases para a realização do '' [http://iilp.files.wordpress.com/2011/06/plano-de-ac3a7c3a3o-de-brasc3adlia_mar_20101.pdf Plano de Ação de Brasília para a Promoção, a Difusão e a Projeção da Língua Portuguesa]'', documento oriundo da I. Conferência Internacional sobre o Futuro do Português no Sistema Mundial, realizada na capital brasileira em março e abril de 2010.
190 346

edições