Abrir menu principal

Alterações

75 bytes removidos ,  21h35min de 27 de novembro de 2014
Desfeita a edição 40721751 de 85.244.205.32: s fontes
 
== Voo supersônico ==
Para elaborar um voo supersônico, os jatos supersônicos e veículos de foguetes requerem impulso várias vezes maior do que o normal para avançar com o arrasto adicional a fim de vencer turbulências experimentadas nas regiões transônicas (cerca de Mach 0,85-1,2). A estas velocidades, os engenheiros aeroespaciais podem guiar suavemente o ar em torno da fuselagem da aeronave, sem a produção de novas ondas de choque, mas qualquer mudança na área da secção transversal na parte inferior do veículo leva a ondas de choque ao longo do corpo. No entanto, em aplicações práticas, um avião supersônico deverá funcionar de forma estável, tanto em velocidades abaixo da velocidade do som, tendo um desenho aerodinâmico portanto mais complexo. o voo supersônico ao contrario daquilo que se pensa tem um voo mais suave
 
Um problema com o voo supersônico é a geração de calor. Em altas velocidades, pode ocorre o aquecimento aerodinâmico, e portanto a aeronave deve ser projetado para operar e funcionar em temperaturas muito altas. Duralumínio, o material aeronave tradicional, começa a perder força e ir para a deformação plástica a temperaturas relativamente baixas, e não é indicado para uso contínuo em velocidades acima de Mach 2,2. Os materiais tais como aço inoxidável e titânio permitem operações a temperaturas muito mais elevadas, acima de 315°C (600°F).