Abrir menu principal

Alterações

2 029 bytes adicionados, 14h43min de 29 de novembro de 2014
sem resumo de edição
| estado_atual =
}}
A '''Pitchfork Media''', comumente conhecida como '''Pitchfork''' e ocasionalmente abreviada para '''P4K''' ou '''pfork''', é uma [[publicação]] diária [[online]] [[estadunidense]], com sede em [[Chicago]], devota à [[crítica]] e comentários [[Música|musicais]], [[notícia]]s sobre música e [[entrevista]]s a [[artista]]s. Foca-se na [[música independente]], no entanto, cobre tambémsobretudo [[música electrónica]], [[música pop|pop]], [[hip hop]], [[danceindie rock]], [[Heavy metal|metal]], [[Rhythm and blues|r&b]], [[folk]], [[jazz]], e [[música experimental]], mas também cobre diversos outros [[gênero musical|gêneros]] e sub-gêneros musicais. <ref>{{citar web|URL = http://blogs.estadao.com.br/link/cool-nao-relevante/|título = Cool não, relevante|data = 06.11.2011|acessadoem = 29 de novembro de 2014|autor = Camilo Rocha|publicado = Estadão}}</ref>
 
= Gênero musical =
Fundado por [[Ryan Schreiber]] em [[1995]], em [[Minneapolis]], [[Minnesota]], o sitesítio centra-se em resenhas e criticas sobre lançamentos musicais, mas os jornalistas da ''Pitchfork ''também fazem críticas sobre asdiscos reediçõesantigos e "boxreedições. sets"<ref>{{citar web|URL = http://students.brown.edu/College_Hill_Independent/?p=2235|título = The Pitchfork Effect|data = 03.12.2009|acessadoem = 29 de novembro de 2014|autor = Nick Carter|publicado = Brown University}}</ref> O site tem publicado [[Lista|listas]] <nowiki/>de "melhores álbuns" - como os melhores dos [[Década de 60|anos 60]], [[Década de 1970|70]], [[Década de 801980|80]], [[Década de 901990|90]], [[década de 2000|00]] <nowiki/>e [[Década de 2010|10]], assim como em todos os anos, desde [[1999]], publicam listas de melhores [[Single|singles]] <nowiki/>e [[álbuns]] <nowiki/>do ano. A publicação é considerada de significativa influência no mundo da música independente, <ref>{{citar web|url = http://the.honoluluadvertiser.com/article/2005/May/08/il/il22p.html|titulo = Pitchfork e-zine tells indie fans what's hot and not|autor = Greg Kot|data = 8 de Maio de 2005|publicado = |acessodata = 6 de Fevereiro de 2010}}
</ref> apesar de também ser criticada pelos seus critérios de atribuição de notas, devoção a tendências e [[Moda|modas]], e por focar-se em [[Banda musical|bandas]] <nowiki/>e [[Estilos musicais|estilos de música]] <nowiki/>obscuros, ou desconhecidos do grande público. <ref name=":0">{{citar web|url = http://www.washingtonpost.com/wp-dyn/content/article/2006/04/28/AR2006042800457.html|titulo = Giving Indie Acts A Plug, or Pulling It|autor = J. Freedom du Lac|data = 30 de Abril de 2006|publicado = |acessodata = 6 de Fevereiro de 2010}}
</ref><ref>{{citar web|URL = http://oglobo.globo.com/cultura/pitchfork-um-site-que-todos-amam-ou-odeiam-3005333|título = Pitchfork: Um site que todos amam. Ou odeiam|data = 21.05.2010|acessadoem = 23 de novembro de 2014|autor = |publicado = O Globo}}
</ref>
 
Desde 2008, a Pitchfork também possui um canal de [[Web TV|TV online]] <nowiki/>via [[streaming]], o Pitchfork.tv. <ref>{{citar web|url = http://info.abril.com.br/aberto/infonews/042008/08042008-15.shl|titulo = Pitchfork estréia canal de TV online|autor = Felipe Zmoginski|data = |publicado = 8 de Abril de 2008|acessodata = 5 de Fevereiro de 2010}}
</ref>
 
Em 2009, o fundador Ryan Schreiber foi destacado pela revista [[Time (revista)|Time]] <nowiki/>como uma das pessoas mais importantes do ano. <ref>{{citar web|url = http://www.time.com/time/specials/packages/article/0,28804,1883644_1883653_1885468,00.html|titulo = Ryan Schreiber - The 2009 TIME 100 Finalists - TIME|autor = Brian Raftery|data = |publicado = |acessodata = 5 de Fevereiro de 2010}}
</ref>
== Histórico ==
No final de [[1995]], Ryan Schreiber, então aluno do colegial, criou o sítio Pitchfork. Influenciado por [[Fanzine|fanzines]] locais e por uma estação de rádio universitária local, Schreiber, que não tinha experiência de escrita anterior, teve como objetivo fornecer à [[Internet]] um espaço regularmente actualizado sobre música independente. A princípio com o nome ''Turntable'', <ref>{{citar web|URL = http://evolver.fm/2013/02/14/pitchfork-interview-the-interactive-promise-of-internet-on-the-tv/|título = Pitchfork Interview: The Interactive Promise of Internet-on-the-TV|data = 14.02.2013|acessadoem = 29 de novembro de 2014|autor = Eliot Van Buskirk|publicado = Evolver.fm}}</ref> o site era mensalmente atualizado com entrevistas e comentários. Em maio de 1996, o site começou a publicar diariamente e foi rebatizado de "Pitchfork", uma referência à tatuagem de [[Tony Montana]] do filme [[Scarface]], de [[Scarface (filme de 1983)|1983]]. <ref name=":0" />
 
No início de [[1999]], Schreiber desvinculou a Pitchfork da sua base em Minneapolis e se mudou para Chicago, [[Illinois]]. Até então, o site havia se expandido sua publicação de conteúdo para quatro comentários de discos por dia, bem como entrevistas esporádicas, especiais e colunas. O site também começou a conquistar sua adiência em decorrência de sua extensa cobertura de [[música underground|música ''underground'']] e seu estilo de escrita, livre das convenções do [[jornalismo impresso]]. Em outubro do mesmo ano, o site criou uma seção de notícias musicais diárias.
 
== The Pitchfork Review ==
Em [[14 de dezembro]] de [[2013]], <ref>{{citar web|URL = http://www.hollywoodreporter.com/earshot/music-site-pitchfork-launch-quarterly-659052|título = Music Site Pitchfork to Launch Quarterly Print Magazine|data = 22.11.2013|acessadoem = 29 de novembro de 2014|autor = |publicado = The Hollywood Reporter}}</ref> a Pitchfork estreou, com a primeira edição, a The Pitchfork Review, uma revista impressa trimestral de largo material escrito de música e conteúdo com foco em [[design]], <ref>{{citar web|URL = http://www.fastcompany.com/3021979/pitchfork-to-launch-print-publication-the-pitchfork-review|título = Pitchfor to launch $19.96 print publication, "The Pitchfork Review"|data = |acessadoem = 23 de novembro de 2014|autor = Evie Nagy|publicado = Fast Company}}</ref> inspirada no [[The New Yorker]]. <ref>{{citar web|URL = http://www.ibtimes.com/pitchfork-media-takes-stab-print-pitchfork-review-can-it-save-music-magazines-1481480|título = Pitchfork Media Takes A Stab At Print With The Pitchfork Review: Can It Save Music Magazines?|data = 21.11.2013|acessadoem = 23 de novembro de 2014|autor = Christopher Zara|publicado = International Business Times}}</ref>
 
== Sítios subsidiários ==
 
=== Pitchfork.tv ===
Em [[07 de abril]] de [[2008]], a Pitchfork Media lançou a Pitchfork.tv, um sitecanal exibidoraudiovisual vídeosonline relacionadoscom [[videoclipe|videoclipes]], [[Documentário|documentários]] e outras produções relacionadas a bandas de música independente. Ele apresenta bandas que são normalmente encontradas no site principal, daPitchfork. <ref>{{citar web|URL = http://mashable.com/2008/03/04/pitchforktv/|título = Pitchfork Media to Launch Documentary Network for Music|data = 04.03.2008|acessadoem = 29 de novembro e 2014|autor = Kristen Nicole|publicado = Mashable}}</ref> <ref>{{citar web|URL = http://blogs.suntimes.com/music/2008/03/pitchfork_founder_and_indieroc_1.html|título = Pitchfork's Ryan Schreiber talks about the new future of the site|data = 05.03.2008|acessadoem = 29 de novembro de 2014|autor = Jim DeRogatis|publicado = Chicago Sun-Times}}</ref>
 
=== Altered Zones ===
Em [[7 de julho]] de [[2010]], a Pitchfork Media anunciou o Altered Zones, um agregador de blogblogs dedicado à música ''undreground'' metro e "[[DIY]] music". <ref>{{citar web|URL = http://pitchfork.com/news/39381-pitchfork-launches-altered-zones/|título = Pitchfork Launches Altered Zones|data = 07.07.2010|acessadoem = 23 de novembro de 2014|autor = |publicado = Pitchfork}}</ref> Altered Zones foi encerrado em 30 de novembro de 2011. <ref>{{citar web|URL = http://www.theguardian.com/music/musicblog/2010/jul/08/joys-music-blogging|título = Have we forgotten the joys of music blogging?|data = 08.07.2010|acessadoem = 29 de novembro de 2014|autor = Sian Rowe|publicado = The Guardian}}</ref>
 
=== Nothing Major ===
Em [[26 de dezembro]] de [[2012]], a Pitchfork Media lançou Nothing Major, um site que cobre as artes visuais, tais como [[belas artes]] e [[fotografia]]. <ref>{{citar web|URL = http://pitchfork.com/news/49011-welcome-to-nothing-major/|título = Welcome to Nothing Major|data = 26.12.2012|acessadoem = 23 de novembro de 2014|autor = |publicado = Pitchfork}}</ref> Nothing Major foi fechado em 16 de outubro de 2013. <ref>{{citar web|URL = http://nothingmajor.com/features/92-so-long-for-now/|título = So Long for Now|data = 16.10.2013|acessadoem = 23 de novembro de 2014|autor = |publicado = Pitchfork}}</ref>
 
=== The Dissolve ===
ÉEm o[[10 braçode dajulho]] de [[2013]], a Pitchfork Media lançou The Dissolve, braço dedicado a resenhas, notícias, comentários e comentáriosconteúdo especial sobre [[cinema]]. <ref>{{citar web|URL = http://pitchfork.com/news/50949-introducing-the-dissolve-a-new-film-site/|título = Introducing The Dissolve, A New Film Site|data = 30.05.2013|acessadoem = 23 de novembro de 2014|autor = |publicado = Pitchfork}}</ref>
 
== Premiações da Pitchfork ==
 
{{Portal3|Música}}
 
[[Categoria:Sites de música]]
[[Categoria:Revistas eletrônicas]]
[[Categoria:Sites de multimídia]]
[[Categoria:Revistas de música dos Estados Unidos]]
20 450

edições