Diferenças entre edições de "L'île mystérieuse"

676 bytes adicionados ,  13h35min de 30 de novembro de 2014
m (Robô: Adicionando {{Commonscat|The Mysterious Island}})
Etiquetas: Remoção considerável de conteúdo Provável parcialidade Categorias removidas
 
== Enredo ==
{{Revelações sobre o enredo}}
A história começa com a fuga de cinco ''yankees'' (abolicionistas do Norte) que haviam sido feitos prisioneiros pelos separatistas (do Sul), em [[Richmond]], durante a [[Guerra Civil Americana]], num balão que os próprios separatistas haviam construído. A companhia de fugitivos é formada por Cyrus Smith, um engenheiro ferroviário e oficial do exército da ''União'', descrito como ''abolicionista de razão e coração''; Neb (diminutivo de Nebuchadnezzar), corajoso e fiel servo afro-americano de Smith; o marinheiro Bonadventure Pencroft; Herbert Brown, jovem protegido de Pencroft e filho do seu capitão já morto; e o jornalista Gideon Spilett, repórter do [[New York Herald]], descrito como pertencente ''àquela raça de jornalistas que não recuam perante coisa alguma quando se trata de obter uma informação exacta ou de transmiti-la com a menor demora ao jornal de que dependem''.
 
A história começa durante a época da Guerra Civil americana, quando cinco prisioneiros de guerra que estavam em [[Richmond]] decidem fugir em um balão.
Após voarem, durante vários dias, debaixo de uma tempestade, Smith cai ao mar e desaparece, e os restantes fugitivos acabam por se ''despenhar'' no Pacífico, sobre um ilhéu vulcânico não cartografado e aparentemente desabitado. Comparada a um ''animal monstruoso adormecido à superfície do Pacífico'', a Ilha Lincoln, assim baptizada em honra do republicano [[Abraham Lincoln]], tem aproximadamente a extensão de [[Malta]], mas muito mais irregular e menos abundante em cabos, golfos, enseadas ou angras do que esta. A ilha era dividida em dois lados, um dos quais era árido, demonstrando erupção antiga do [[vulcão]]. O outro lado era coberto por espessa [[floresta]]. O livro conta também com um dos personagens mais notáveis do autor, o [[Capitão Nemo]].
O grupo de fugitivos é formado por Cyrus Smith, um engenheiro ferroviário e oficial do exército da "União", Neb (diminutivo de Nebuchadnezzar), corajoso e fiel servo afro-americano de Smith; o marinheiro Bonadventure Pencroft, seu filho Herbert Brown, o jornalista Gideon Spilett, repórter do New York Herald e Top, o cão de Cyrus.
 
Após voarem durante vários dias debaixo de uma tempestade, eles caem sobre uma ilha vulcânica não cartografada e aparentemente desabitada. A ilha Lincoln, batizada assim em homenagem a Abraham Lincoln, era dividida em dois lados, um dos quais era árido, demonstrando erupção antiga do vulcão. Com os conhecimentos e habilidades do engenheiro Smith, os cinco conseguem sobreviver na ilha.
Esse livro demonstra que o ser humano tem condição de viver, cultivar e criar longe da comunidade em que vive, ou seja, pode muito bem viver isolado e dependendo apenas da natureza.
 
Durante o períodod que ficaram na ilha, eles adotam e domesticam um orangotango, chamado de Jup e acabam percebendo uma influência misteriosa na ilha, que ajudou-os em diversas situações: a sobrevivência de Cyrus Smith após a queda do balão, o resgate de Top do ataque de um dugongo selvagem, a descoberta de uma caixa com armas e ferramentas e assim por diante.
Ainda neste livro Julio conta como a união entre pessoas quando necessaria pode salvar vida ... é uma necessidade (no livro ) que eles trabalhem em grupo para sobreviver e no fundo de tudo é a real ''mensagem escondida'' :)
{{esboço-livro}}
{{Commonscat|The Mysterious Island}}
 
Eles encontraram no mar uma garrafa com um pedido de socorro, então, decidem usar o barco que construíram para explorar outra ilha, chamada de Ilha Tabor, onde eles acham que há um náufrago. Quando lá chegam, encontram Ayrton, que vivia como um animal selvagem e tentam ajudá-lo. No caminho de volta, eles enfrentam uma tempestade, mas encontram o caminho de volta graças a uma fogueira na ilha, que ninguém lembra de ter acendido.
[[Categoria:Livros de 1874|Ile mysterieuse]]
 
[[Categoria:Livros de Júlio Verne|Ile mysterieuse]]
Depois de algum tempo, chegam alguns piratas à Ilha Lincoln, que são parte da tripulação de piratas da qual Ayrton fazia parte. O navio pirata é destruído inexplicavelmente e os piratas são encontrados mortos, mas sem ferimentos aparentes.
[[Categoria:Livros de ficção científica|Ile mysterieuse]]
 
Finalmente, o segredo da ilha é revelado. A ilha é o esconderijo do submarino [[Nautilus]] e do [[Capitão Nemo]], onde Julio Verne escreveu suas aventuras no livro [[Vinte Mil Léguas Submarinas]]. Fora Nemo quem salvara os náufragos, fornecera a caixa de armas, enviando a mensagem sobre Ayrton, destruíndo o navio pirata e matando os piratas. Pouco depois de ser encontrado pelos náufragos, Nemo morre de velhice.
 
Já no fim do livro, a ilha explode numa erupção vulcânica. Como eles haviam sido alertados pelo Capitão Nemo antes de morrer, os náufragos sobrevivem no pedaço da ilha que fica acima do nível do mar. A história termina com eles sendo salvos pelo navio "Duncan", que tinha vindo resgatar Ayrton.
 
== Personagens ==
'''Cyrus Smith''': líder do grupo de fugitivos, engenheiro ferroviário e oficial do exército da "União".
 
'''Neb''': corajoso e fiel servo de Smith.
 
'''Bonadventure Pencroft''': marinheiro.
 
'''Gideon Spillet''': jornalista do New York Herald.
 
'''Herbert Brown''': filho de Pencroft.
 
'''Top''': cão de Cyrus.
1

edição