Abrir menu principal

Alterações

Sem alteração do tamanho ,  19h11min de 7 de dezembro de 2006
sem resumo de edição
Em [[1971]], exerceu a função de diretor da [[Pinacoteca do Estado de São Paulo]], e presidente da Comissão Estadual de Artes Plásticas e do Conselho Estadual de Cultura.
 
Além da pintura, Graciano dedicou-se a diversas atividades paralelas, lecionando [[cenografia]] na [[EAD]]-Escola de Arte Dramática de São Paulo]], e ilustrando [[jornal|jornais]], [[revista]]s e [[livro]]s, principalmente nos [[anos 80]].
 
No decurso de toda a sua carreira, Graciano permaneceu fiel ao [[Figurativismo]], jamais tendo sequer de leve sentido a sedução pelo [[Abstracionismo]]. Tratou constantemente de temas sociais, como o dos [[retirante]]s, além de temas de [[músico]]s e de [[dança]].
961

edições