Abrir menu principal

Alterações

2 476 bytes adicionados, 12h47min de 3 de dezembro de 2014
sem resumo de edição
Dentro dos fatores bióticos interespecíficos e intraespecíficos há fatores favoráveis e desfavoráveis:
*Fatores bióticos favoráveis: são aqueles em que pelo menos um indivíduo é beneficiado.
*Fatores bióticos desfavoráveis: são aqueles em que pelo menos um indivíduo é desfavorecido.
 
{{Referências}}
Esses fatores abióticos geram o que chamamos de relações ecológicas.
 
RELAÇÕES INTRAESPECÍFICAS HARMÔNICAS:
 
Sociedade: indivíduos da mesma espécie, mantendo-se anatomicamente separados, e que cooperam entre si por meio de divisão de trabalho. Geralmente, a morfologia corporal está relacionada à atividade que exercem. Ex: abelhas, cupins, formigas, etc.
 
Colônia: indivíduos associados anatomicamente. Estes podem se apresentar semelhantes (colônias isomorfas), ou com diferenciação corporal de acordo com a atividade que desempenham (polimorfas). Ex: determinadas algas (1º exemplo) e caravela portuguesa (2º exemplo).
 
RELAÇÕES INTRAESPECÍFICAS DESARMÔNICAS:
 
Canibalismo: ato no qual um indivíduo se alimenta de outro(s) da mesma espécie.
 
Competição: disputa por territórios, parceiros sexuais, comida, etc.
 
RELAÇÕES INTERESPECÍFICAS HARMÔNICAS:
 
Mutualismo: indivíduos de espécies diferentes que se encontram intimamente associados, criando vínculo de dependência. Ambos se beneficiam. Ex: liquens (fungo + cianobactéria), cupim e protozoário que digere a celulose em seu organismo, micorrizas (fungos + raízes de plantas), etc.
 
Protocooperação: indivíduos que cooperam entre si, mas não são dependentes um do outro para sobreviverem. Ex: peixe-palhaço e anêmona. O primeiro ganha proteção e o segundo, restos de alimentos destes; pássaros que se alimentam de carrapato bovino, etc.
 
Inquilinismo: uma espécie usa a outra como abrigo, sendo que somente ela se beneficia, mas sem causar prejuízos à outra. Exemplo: orquídeas e bromélias associadas a árvores de grande porte.
 
Comensalismo: relação na qual apenas uma espécie se beneficia, mas sem causar prejuízos à outra. Exemplo: o peixe-piloto se prende ao tubarão, para se alimentar dos restos de comida deste, e também se locomover com maior agilidade.
 
RELAÇÕES INTERESPECÍFICAS DESARMÔNICAS:
 
Amensalismo: uma espécie inibe o desenvolvimento de outra. Ex: liberação de antibióticos por determinados fungos, causando a morte de certas bactérias.
 
Predatismo: um indivíduo mata outro para se alimentar. Ex: serpente e rato, pássaro e semente, etc.
 
Parasitismo: o parasita retira, do corpo do hospedeiro, nutrientes para garantir a sua sobrevivência, debilitando-o. Ex: lombriga e ser humano, lagarta e folhagens, carrapato e cachorro, etc.
 
Competição: disputa por recursos (território, presas, etc).
 
 
{{http://www.brasilescola.com/biologia/relacoes-ecologicas.htm}}
 
 
{{esboço-biologia}}
 
{{DEFAULTSORT:Fator Biotico}}
Utilizador anónimo