Diferenças entre edições de "Software proprietário"

263 bytes removidos ,  18h15min de 22 de dezembro de 2014
sem resumo de edição
O '''''Software'' proprietário''', '''particular''' ou '''não livre''' é um software para computadores que é licenciado com direitos exclusivos para o produtor.<ref>{{Citar web | url= http://www.catb.org/~esr/jargon/html/P/proprietary.html | titulo= Software proprietário deve ser destinguido de software comercial | autor= Eric S. Raymond | data= 29/12/2003 | acessodata= 5/8/2012}}</ref> Conforme o local de comercialização do software este pode ser abrangido por [[patentes]], [[direitos de autor]] assim como limitações para a sua exportação e uso em países terceiros. Seu uso, redistribuição ou modificação é proibido, ou requer que você peça permissão, ou é restrito de tal forma que você não possa efetivamente fazê-lo livremente..<ref>{{Citar web|url=http://www.gnu.org/philosophy/categories.html#ProprietarySoftware|título=Categorias de Softwares Livres e Não-Livres - [[Projeto GNU]] - [[Free Software Foundation]] (FSF)|publicado= [[Projeto GNU]] | acessodata=19 de julho de 2012}}</ref> A expressão foi criada em oposição ao conceito de [[software livre]].
 
Em português, para software, o termo "proprietário" poderia ser considerado uma tradução equivocada do inglês "proprietary". Mas tornou-se usual e não deverá ser abandonado. Aplicando-se o termo a software, o sentido pretendido é de que o software "é pertencente a um proprietário" ou "particular"; e mais claro é ler "software proprietário" como "software privado" ou "software particular" tenha a opção de apaga todos os dados.
 
== História ==
Utilizador anónimo