Diferenças entre edições de "Cabo da Roca"

2 083 bytes adicionados ,  15h07min de 26 de dezembro de 2014
Livro sobre o Cabo da Roca
m (Reversão de uma ou mais edições de Gluetone para a versão 40937474 de Gluetone, com Reversão e avisos.)
(Livro sobre o Cabo da Roca)
Etiquetas: Editor Visual Possível conteúdo ofensivo
</center>
 
== Livro ==
 
=== Cabo da Roca - Onde a terra se acaba e o mar começa | The westernmost extent of continental Europe ===
Autor: Carlos Pinto
 
1ª Edição: 29 de Novembro de 2014
 
Capa mole com badanas: 160mm. Largura: 230mm. Altura: 220mm. Espessura: 23mm
 
Nº de páginas: 272
 
ISBN: 9789892051932 . EAN: 9789892051932
 
Depósito Legal: 383468/14
 
Tema: Fotografia (Monografia)
 
Fotografia, Carlos Pinto
 
Prefácio, Nuno Xavier. Tradução, Bettina Myers
 
Idioma: Português / Inglês
 
Ensaio fotográfico. Uma monografia sobre o ponto mais ocidental da Europa continental, da autoria de Carlos Pinto. Intitulado Cabo da Roca. Onde a terra se acaba e o mar começa / The westernmost extent of continental Europe, o livro é composto por 203 fotografias monocromáticas que resultaram de um trabalho desenvolvido entre 2010 e  2014.
 
A obra apresenta uma visão muito pessoal deste lugar único na geografia portuguesa. Uma visão que incide, por um lado, nas características decorrentes da sua localização, que levaram o Cabo da Roca a ser considerado durante séculos um local sagrado; e, por outro, na atracção que o local continua a exercer sobre os largos milhares de pessoas que, ano após ano, o visitam, provenientes dos mais variados pontos do mundo.
 
Com um prefácio da autoria de Nuno Xavier, o álbum, uma edição bilingue português/inglês, divide-se em 13 capítulos, cada um dos quais tem como título uma das expressões que, na música clássica, identificam os andamentos de uma peça: Grave, Adagio sostenuto, Presto...
 
Cabo da Roca. Onde a terra se acaba e o mar começa / The westernmost extent of continental Europe tem o apoio institucional da Câmara Municipal de Sintra e da Junta de Freguesia de Colares.
 
Inspirando-se no ensaio fotográfico, o músico e compositor Zé Eduardo, um dos nomes maiores do jazz português, compôs 13 peças para violoncelo e contrabaixo, reunidas num CD com a chancela da Gluetone intitulado Mares Interiores, algumas das quais  apresentadas em recital e em primeira audição na sessão de lançamento do livro.
== {{Ligações externas}} ==
{{commons|}}
5

edições