Diferenças entre edições de "Camargo Guarnieri"

11 bytes removidos ,  12h55min de 13 de janeiro de 2015
sem resumo de edição
{{Info/Biografia
|nome = =Camargo Guarnieri
|imagem = =
|nome_completo = Mozart Camargo Guarnieri
|nacionalidade = ={{BRA}}eira
|ocupação = =[[Compositor]] erudito, [[maestro]], [[músico]], pianista, arranjador, poeta, letrista e [[Maestro|regente]]
|data_nascimento = ={{dni|1|2|1907|si|lang=br}}
|local_nascimento = =[[Tietê]] [[Imagem:Flag of Tietê.svg|23px]], {{BR-SP}}
|escola = =[[Música clássica]]
|data_morte = {{nowrap|{{morte|13|1|1993|1|2|1907|lang=br}}}}
|local_morte = [[São Paulo (cidade)|Cidade de São Paulo]] [[Imagem:São Paulo City flag.svg|23px]], {{BR-SP}}
|etnia = {{ITAb}} [[Ítalo-brasileiro]] {{BRAb}}
|nacionalidade = {{BRAn}}
|principais_críticos = [[Academia de Artes]]
}}
'''Mozart Camargo Guarnieri''', ou simplesmente '''Camargo Guarnieri''', como preferia ser chamado em respeito ao compositor '''Wolfgang Amadeus Mozart''', ([[Tietê]], {{dtlink|lang=br|1|2|1907}} — [[São Paulo (cidade)|São Paulo]], {{dtlink|lang=br|13|1|1993}}) foi um [[compositor]] e [[Maestro|regente]] [[brasil]]eiro.
== Biografia ==
=== Os anos de formação (até 1935) ===
 
Camargo Guarnieri nasceu na cidade do Tietê, São Paulo, em 1 de fevereiro de 1907.<ref name="Revista de teatro">''Revista de teatro, Edições 397-408''. Sociedade Brasileira de Autores Teatrais, 1974. pp. 14.</ref> Seu pai era um imigrante italiano e sua mãe vinha de uma tradicional família paulista. O pai, Miguel Guarnieri, era barbeiro e músico, e tocava [[flauta]]. A mãe, Gécia Camargo, tocava [[piano]]. O pequeno Guarnieri aprendeu música em casa.<ref name="Algo Sobre">{{citar web |url=http://www.algosobre.com.br/biografias/camargo-guarnieri.html |título=Camargo Guarnieri |acessodata=13 de janeiro de 2013 |autor= |coautores= |data= |ano= |mes= |formato= |obra=R7 |publicado=Algo Sobre |páginas= |língua= |língua2=pt |língua3= |lang= |citação= }}</ref>
 
 
=== Profissionalização (1935-1950) ===
 
Em 1935 a prefeitura de São Paulo criou o [[Departamento de Cultura de São Paulo|Departamento de Cultura]], cujo primeiro diretor, Mário de Andrade, convidou Guarnieri como regente do [[Coral Paulistano]].<ref name="Revista de teatro"/> Este deveria ser um conjunto de câmera, pois o município também iria manter o Coral Lírico para dedicar-se ao repertório operístico. O Coral Paulistano tinha também como objetivo fomentar o canto em língua nacional, e Camargo Guarnieri compôs para ele diversas obras corais. Foi também no Departamento de Cultura que Guarnieri passou a reger a [[Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo]], e o trabalho nesta instituição pública foi sua principal atividade profissional ao longo de toda a década de 1940.
 
 
=== Uma referência na cultura brasileira: década de 1950 em diante ===
 
Após a publicação da polêmica Carta Aberta, Guarnieri já se torna uma referência cultural importante. O documento marca a passagem de Guarnieri da fase de Compositor jovem, que se afirma junto com o modernismo, para nome de referência na cultura musical brasileira, ao lado de [[Villa-Lobos]] e [[Francisco Mignone]].
 
 
== Na Cultura ==
 
A obra musical de Camargo Guarnieri é formada por mais de 700 obras e é provavelmente o segundo compositor brasileiro mais executado no mundo, superado apenas por Villa-Lobos. Pouco antes de sua morte recebeu o prêmio "Gabriela Mistral", sob o título de "maior compositor das Américas".
 
{{Portal3|Brasil|São Paulo|Biografias|Música|Música Erudita}}
 
[[Categoria:Naturais de Tietê]]
[[Categoria:Compositores eruditos do Brasil]]
[[Categoria:Compositores clássicos do século XX]]
[[Categoria:Naturais de Tietê]]
[[Categoria:Ítalo-brasileiros]]
155 123

edições