Abrir menu principal

Alterações

26 bytes adicionados ,  23h06min de 17 de janeiro de 2015
Embora tenha sido redecorada no [[estilo barroco]] e recebido novos elementos no século XIX, é possível discernir ainda hoje traços do plano original do século V, uma [[basílica]] com três [[nave (arquitetura)|nave]]s. As colunas de [[granito]] separando as três são antigas.
 
O [[afresco]] na [[abside]] mostra a "Glória de Santa Ágata", de [[Paolo Gismondi]], do século XVII. Sobre o [[altar-mor]] está um [[baldaquino (arquitetura)|baldaquino]] do século XII ou XIII, remontado e colocado ali em 1933. Ele tem quatro colunas de [[mármore]] [[pvonazzettopavonazzetto]] inteiramente decoradas com [[mosaico]]s [[cosmatesco]]s e encimadas por um teto de templo. O antigo baldaquino foi destruído em 1589 e fragmentos podem ser vistos no teto da capela principal, do lado esquerdo.
 
O piso cosmatesco do século XV da nave tem um design pouco usual, um exemplo tardio de seu estilo. As janelas retangulares foram instaladas no século XVII a pedido dos cardeais [[Francesco Barberini (seniore)|Francesco]] e [[Antonio Barberini]]. No altar de Santa Ágata está uma grande estátua da santa.