Newsweek: diferenças entre revisões

9 bytes removidos ,  22h17min de 13 de fevereiro de 2015
m (A migrar 37 interwikis, agora providenciados por Wikidata em d:q188413)
(Rv - WP:LDE/NQ)
|categoria =
|frequência = Semanal
|circulação = 2, 700, 000 semanalmente<ref>[http://www.magazine.org/circulation/circulation_trends_and_magazine_handbook/16117.cfm Average Circulation]</ref>
|companhia = [[The Washington Post Company]]
|Editora =
 
== Edição ==
Editada e produzida nos [[Estados Unidos|EUA]], a revista traz atualidades do [[mundo]] e [[tendência|tendências]] internacionais nas áreas de [[saúde]], [[tecnologia]], [[ciência]], [[estilo]] de [[vida]], negócios, [[política]] e [[economia]].
 
== História ==
[[Imagem:News-Week Feb 17 1933, vol1 issue1.jpg|thumb|esquerda|180px|Capa do nº1 da revista, lançada em fevereiro de 1933.]]
Originalmente chamada de ''News-Week'', ela foi fundada por Thomas J.C. Martyn em 17 de fevereiro de [[1933]]. Esta edição possuíu sete [[fotografia]]s das notícias semanais da imprensa. Em [[1937]], [[Malcolm Muir]] tornou-se presidente e editor-chefe. ''Muir'' mudou o nome para ''Newsweek'', enfatizando mais a interpretação de histórias, introduzindo colunas assinadas, e edições internacionais.
 
Através do tempo foi desenvolvido um vasto material de notícias, de grandes histórias e análises à ''reviews'' e comentários. A revista foi comprada pelo [[Washington Post]] em [[1961]]. Newsweek é geralmente considerada a mais liberal das três maiores revistas semanais, em estudo feito recentemente pela [[UCLA]] sobre o ponto de vista das revistas norte-americanas.<ref>[http://www.sscnet.ucla.edu/polisci/faculty/groseclose/Media.Bias.8.htm A Measure of Media Bias]</ref>
 
== Números relativos à revista ==
Segundo dados publicados na própria Newsweek, o corpo de [[jornalista]]s chega ao número de 300 com mais de 3 ''milhões'' de [[leitor]]es em 193 [[país]]es.
 
{{Referências}}
165 855

edições