Diferenças entre edições de "Marlon Brando"

7 bytes removidos ,  17h47min de 18 de fevereiro de 2015
sem resumo de edição
(inseri uma nova foto com legenda)
'''Marlon Brando''' ([[Omaha (Nebraska)|Omaha]], [[3 de abril]] de [[1924]] – [[Los Angeles]], [[1 de julho]] de [[2004]]) foi um premiado [[ator de cinema]] e [[teatro]] [[Povo dos Estados Unidos|estado-unidense]]. Considerado um dos mais importantes atores do [[cinema dos Estados Unidos]],<ref>[[St. James Encyclopedia of Popular Culture]]</ref><ref>Kanfer 2008, p. 319</ref> Brando foi um dos três únicos atores profissionais, juntamente com [[Charlie Chaplin]] e [[Marilyn Monroe]], a fazer parte da lista de [[Time 100: The Most Important People of the Century|100 pessoas mais importantes do século]] compilada pela revista ''[[Time (revista)|Time]]'', em 1999.<ref>{{citar web |url=http://www.time.com/time/magazine/article/0,9171,991227,00.html |publicado=[[Time (revista)|TIME]] |autor= |título=100 Persons Of The Century |língua=inglês |data=14 de junho de 1999 |acessodata= 15 de setembro de 2011}}</ref>
 
É talvez mais conhecido pelos seus papéis como Stanley Kowalski em ''[[A Streetcar Named Desire]]'' (1951), [[Emiliano Zapata]] em ''[[Viva Zapata!]]'' (1952), [[Marco Antônio]] na [[adaptação fílmica|adaptação]] da [[MGM]] da peça de [[Shakespeare]], ''Julius Caesar'' e Terry Malloy em ''[[On the Waterfront]]'' (1954). Durante os [[anos 1970|anos 70]], ele foi mais famoso pela sua eterna performance vencedora do [[Oscar de melhor ator]] como [[Don Vito Corleone]], em ''[[The Godfather]]'' (1972), de [[Francis Ford Coppola]], e, também, pelo seu papel como Coronel Walter Kurtz em ''[[Apocalypse Now]]'' (1979), também de Coppola. Brando também recebeu uma indicação ao Oscar pela sua performance como Paul em ''[[Last Tango in Paris]]'' (1972), além de ter [[diretor de cinema|dirigido]] e estrelado ''[[One-Eyed Jacks]]'' (1961).
 
É considerado um dos maiores e mais influentes atores do [[século XX]]. Na opinião do cineasta [[Martin Scorsese]], "Ele é o marco. Há o 'antes de Brando' e 'depois de Brando'."<ref>{{citar web |url=http://johnnydepp82989.yuku.com/topic/1780/t/BRANDO-A-TCM-Documentary.html |publicado=Yuku.com |obra= |autor= |título=BRANDO - A TCM Documentary
53

edições