Diferenças entre edições de "Gramática de estrutura frasal"

94 bytes removidos ,  23h01min de 23 de fevereiro de 2015
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
A principal característica que essas estruturas compartilham é a de visualização da estrutura de uma sentença em termos da relação de constituição. Essa relação deriva da divisão sujeito-predicado das gramáticas latina e grega que é baseada na lógica dos termos e remete a Aristóteles na antiguidade. Estrutura de cláusula básica é entendida em termos de uma divisão binária da cláusula em sujeito (frase nominal NP) e predicado (frase verbal VP).
 
A divisão binária da cláusula resulta em uma correspondência um-para-um-ou-mais. Para cada elemento na frase, há um ou mais nós na estrutura da árvore. Uma frase de duas palavras, tal como ''Luke riu'' necessariamente implica em três (ou mais) nós na estrutura sintática: um para o substantivo ''Luke'' (sujeito NP), um para o verbo ''riu'' (predicado VP), e um para a frase completa ''Luke riu'' (sentença S).
 
::[[File:Thistreeisillustratingtherelation(PSG).png|Constituency and dependency relations]]
 
==Relação de dependência==
61

edições