Diferenças entre edições de "Pontífice máximo"

7 bytes removidos ,  11h37min de 1 de março de 2015
m
Na [[República Romana]], o pontífice máximo foi o mais alto cargo na antiga [[Religião na Roma Antiga|religião romana]]. Ele era o mais importante dos pontífices no Colégio de Pontífices que ele dirigia. Provavelmente após a queda da monarquia, os romanos também criaram o sacerdócio do [[rei das coisas sagradas]] (''rex sacrorum'') para executar as funções religiosas de [[rituais]] e [[sacrifícios]] anteriormente feitas pelo rei. O pontífice máximo foi, no entanto, expressamente proibido de exercer qualquer cargo político ou de participar do [[Senado romano|senado]] como uma precaução para evitar que o pontífice se tornasse um tirano. O rei das coisas sagradas era ainda subordinado aos fundadores da república, como o pontífice máximo, como mais um meio para evitar a tirania.<ref>[http://abacus.bates.edu/~mimber/Rciv/public.relig.htm Roman Public Religion] Roman Civilization, bates.edu retrieved August 17, 2006</ref> Outros membros deste sacerdócio incluem os [[flâmine]]s (cada uma dedicada a uma grande divindade), e as [[Vestal|vestais]]. Durante o início da república, o pontífice máximo selecionava os membros para ocupar estes cargos. No entanto, havia muitos outros funcionários religiosos, incluindo os [[Áugure|áugures]] ou arúspices (originalmente cargos [[etruscos]] que liam a vontade dos deuses: a partir do voo e do comportamento das aves e das entranhas do sacrifício de animais), [[fecial|feciais]] (''fetiales'') e muitas outras faculdades e gabinetes individuais.
 
A residência oficial do pontífice máximo foi a [[Casa Pública]] (''Domus Publica'') que se situava entre a casa das virgens vestais e a [[Via Sacra]], perto da [[Régia]], no [[Fórum Romano]]. Seus deveres religiosos foram realizados a partir da ''regia''Régia ou "casa do rei". A menos que o pontífice máximo fosse também [[magistrado]], ele não estava autorizado a vestir a [[toga pretexta]], ou seja, a toga púrpura. No entanto, ele podia ser reconhecido pela faca de ferro (secespita)<ref name=livius/> ou a ''patera'' pátera<ref>[http://employees.oneonta.edu/farberas/arth/ARTH200/politics/aurelian_panels.html Panel Reliefs of Marcus Aurelius and Roman Imperial Iconography] State University of New York, College at Oneonta retrieved Sept. 14, 2006</ref> e às vestes ou togas com uma parte do manto cobrindo a cabeça.
 
O pontífice tinha autoridade política e religiosa. Não está claro qual das duas funções possuía maior importância. Na prática, especialmente durante a república tardia, o cargo de pontífice máximo era geralmente ocupado por um membro de uma família proeminente politicamente. Foi uma posição cobiçada principalmente pelo grande prestígio que confere ao seu titular; [[Júlio César]] tornou-se pontífice em {{AC|73|x}} e pontífice máximo em {{AC|63|x}} Desta forma, pontífice máximo não era um trabalho de tempo integral e não exclui o oficial-titular de uma exploração secular da magistratura ou de trabalhar nas forças armadas.