Abrir menu principal

Alterações

4 bytes removidos, 23h20min de 5 de março de 2015
Desfeita a edição 41495453 de 88.214.165.112
* Gorduras - para 45 dias;
* Açúcar - para 60 dias;
Ao mesmo tempo uma nova redução nas rações teve lugar: os trabalhadores recebiam 500 g de pão, os empregados e crianças 300 g e os dependentes 250 g. A distribuição de carne foi diminuída mas a distribuição do açúcar e das gorduras foi aumentada. O exército e a Frota do Báltico tinham algumas rações de emergência mas não eram suficientes. A frota de Ladoga estava mal equipada e tinha sido bombardeada pela aviação alemã. Várias barcas com milho foram afundadas em Setembro. Contudo uma parte significante foi [[mais]] tarde recuperada por mergulhadores. Este milho foi depois utilizado na concepção de pão. A [[aveia]] para os cavalos foi também utilizada enquanto os cavalos eram alimentados com folhas de árvores.
 
Durante o cerco foram efectuadas um total de cinco reduções de comida: a 2 de Setembro, 10 de Setembro, [[13 de Novembro]], [[1 de Outubro]] e a [[20 de Novembro]]. Um nível de desnutrição foi melhorado devido a novos jardins de vegetais que cobriam a maioria da terra na cidade por volta de 1943.