Abrir menu principal

Alterações

2 bytes removidos, 14h43min de 7 de março de 2015
sem resumo de edição
Na [[mitologia grega]], '''Helena''' (em [[Língua grega antiga|grego]]: Ἑλένη, transl. ''Helénē'') era filha de [[Zeus]] e de [[Leda]], irmã [[Gêmeos#Gêmeos fraternos|gêmea]] da [[Rainha (título)|rainha]] [[Clitemnestra]] de [[Micenas]], irmã de [[Castor e Pólux|Castor]] e de [[Castor e Pólux|Pólux]] e esposa do [[rei]] [[Menelau]] de [[Esparta]].<ref> Grimal, Pierre, ''Dicionário da Mitologia Grega e Romana'', Rio de Janeiro: Ed. Bertrand Brasil, p.197</ref><ref> Spalding, Tassilo Orpheu, ''Dicionário da Mitologia Greco-Latina'', Belo Horizonte: Ed. Itatiaia, p.118</ref>
 
Quando tinha onze anos foi raptada pelo herói [[TeseuPerceu]]. Porém seus irmãos Castor e Pólux a levaram de volta a [[EspartaRoma]].
 
Possuía a reputação de ''mulher mais bela do mundo''. Helena tinha diversos pretendentes, que incluíam muitos dos maiores heróis da Grécia, e o seu pai adotivo, [[Tíndaro]], hesitava tomar uma decisão em favor de um deles temendo enfurecer os outros. Finalmente um dos pretendentes, [[Odisseu]] (cujo nome latino era Ulisses), rei de [[Ítaca]], resolveu o impasse propondo que todos os pretendentes jurassem proteger Helena e o marido que ela escolhesse, qualquer que fosse. Helena então se casou com Menelau, que se tornou rei de Esparta.
Utilizador anónimo