Diferenças entre edições de "Herbert Spencer"

158 bytes removidos ,  02h19min de 8 de março de 2015
Ajustes
(Adicionado texto com referência.)
(Ajustes)
{{ver desambiguação}}
{{Info/Biografia
|nome = Herbert Spencer
|imagem = Herbert Spencer.jpg
|assinaturalegenda =
|imagem_tamanho = 200px
|legenda nome_completo =
|nascimento_data = {{dni|lang=pt|27|4|1820|si|sem idade|lang=ptsi}}
|nome_completo =
|nascimento_local= [[Derby (Derbyshire)|Derby]]
|nascimento_data = {{dni|27|4|1820|si|sem idade|lang=pt}}
|morte_data = {{morte|lang=pt|8|12|1903|27|4|1820|lang=pt}}
|nascimento_local= [[Derby (Derbyshire)|Derby]]
|morte_local = [[Brighton]]
|morte_data = {{morte|8|12|1903|27|4|1820|lang=pt}}
|nacionalidade =
|morte_local = [[Brighton]]
|nacionalidadecidadania =
|cidadaniaocupação = [[Filosofia]]
|magnum_opus =
|ocupação = [[Filosofia]]
|magnum_opusprêmios =
|prêmios assinatura =
|assinatura =
}}
 
'''Herbert Spencer''' ([[Derby (Derbyshire)|Derby]], [[27 de Abril]] de [[1820]] — [[Brighton]], [[8 de Dezembro]] de [[1903]]) foi um [[filósofo]] [[Inglaterra|inglês]] e um dos representantes do [[liberalismo clássico]].
 
Enquanto a maioria dos filósofos não consegue atingir muitos seguidores fora do grupo de colegas de profissão, por volta de 1870 e 1880 Spencer tinha alcançado uma popularidade sem precedentes, como o grande volume de suas vendas indica. Foi provavelmente a primeira e talvez a única vez na história, que um filósofo vendeu mais de um milhão de cópias de seus trabalhos durante a sua vida. Nos Estados Unidos, onde as edições piratas ainda eram comuns, sua editora autorizada, a Appleton, vendeu 368.755 cópias entre 1860 e 1903. Este valor não difere muito de suas vendas na sua Inglaterra natal, e uma vez que as edições do resto do mundo são adicionadas a figura de um milhão de cópias parece ser uma estimativa conservadora. Como William James observou, Spencer "ampliou a imaginação, e libertou a mente especulativa de inúmeros médicos, engenheiros, advogados, físicos, químicos, e dos leigos em geral".<ref>James, William. "Herbert Spencer". ''The Atlantic Monthly'', Vol. XCIV (1904), p. 104.</ref> O aspecto de seu pensamento, que enfatizou o auto-aperfeiçoamento do indivíduo encontrou um público pronto na classe trabalhadora qualificada.
 
== Obras ==
* ''Estática Social'';
* ''Sistema de Filosofia Sintética'';
* ''[[The Man Versus the State|O Indivíduo Contra o Estado]]'', [[1884]];
* ''A Educação Intelectual, Moral e física (1863);
* ''Os Princípios da Sociologia'' (1874-1896) trabalho dividido em três volumes.
 
{{Referências}}
 
 
{{Começa caixa}}
{{Caixa de sucessão
|título={{nowrap|[[Imagem:Lorbeerkranz.png|20px]] [[Anexo:Lista de membros da Academia Brasileira de Letras|Correspondente da ABL - fundador da cadeira 14]]}}
|anos =
|antes={{nowrap|[[Francisco do Monte Alverne]]<br />(patrono)}}
{{Termina caixa}}
 
{{Referências}}
 
{{Filosofia da ciência}}
== Ligações externas ==
{{Sócios Correspondentes da Academia Brasileira de Letras}}
{{Libertários}}
{{Wikiquote|Herbert Spencer}}
{{Portal3|Biografias}}{{libertários|Filosofia}}
{{Portal-filosofia}}
 
{{Esboço-biografia}}
 
{{Filosofia da ciência}}
{{Sócios Correspondentes da Academia Brasileira de Letras}}
 
{{Portal3|Biografias}}{{libertários}}
{{DEFAULTSORT:Spencer Herbert}}
[[Categoria:Correspondentes da Academia Brasileira de Letras]]
[[Categoria:Teóricos libertários]]
[[Categoria:Libertários]]
[[Categoria:Nascidos em 1820]]
[[Categoria:Mortos em 1903]]