Diferenças entre edições de "Só no Forevis"

192 bytes adicionados ,  22h05min de 14 de março de 2015
O álbum marcou o retorno da banda a suas raízes musicais através das letras maliciosas e satíricas. Foi o álbum mais vendido da banda, devido a faixas como "Mulher de Fases", "A Mais Pedida", "Me Lambe" (que contou com a participação de [[Bi Ribeiro]], baixista d'[[Os Paralamas do Sucesso]]), e "Aquela", cover da banda [[Little Quail and The Mad Birds]] que fez parte da [[trilha sonora]] da telenovela ''[[Uga Uga]]''.
 
A capa do álbum é irônica, traz os integrantes da banda trajados como cantores dos grupos de [[Pagode (estilo musical)|pagode]] que, na época, ocupavam grande espaço na mídia. A frase de Mussum também cita como ele era "[[Os Originais do Samba|um pagodeiro original]]". A imagem foi tratada digitalmente para parecer mais cômica, adicionando características como pés grandes e volumes nas calças. Citando as brigas da banda com o juizado de menores, Rodolfo chegou a comentar que "Até saímos bonitos na foto da capa do disco para ver se paramos de ser censurados". Ainda na mesma temática da sátira, a primeira faixa traz um pagode confuso e marcado por [[arroto]]s, com a participação do rapper [[Marcelo D2]].<ref name=folha>[http://www1.folha.uol.com.br/fsp/ilustrad/fq22059916.htm Raimundos satirizam pagodeiros]</ref> . A última faixa do disco (a versão acústica de "Mulher de Fases") possui uma "faixa secreta" também com arrotos ao som de piano, que inicia cerca de 1 minuto após o término da música.
 
O álbum teve a primeira tiragem roubada do depósito da gravadora, mas o incidente não causou nenhum prejuízo ao sucesso do disco.<ref>[http://www.heavymetalbrasil.net/raimundos.htm HeavyMetalBrasil.net]</ref>
Utilizador anónimo