Relação sinal-ruído: diferenças entre revisões

1 835 bytes adicionados ,  3 de abril de 2015
Acréscimo dos aspectos de Definição Alternativa e inclusão de pesquisas de SNR em RM
(Acréscimo Faixa Dinâmica e Referências)
(Acréscimo dos aspectos de Definição Alternativa e inclusão de pesquisas de SNR em RM)
A relação sinal-ruído geralmente é adotada para indicar também a faixa dinâmica (dynamic range) do equipamento, ou seja, a gama de intensidades que podem ocorrer no mesmo, e que vai desde o menor sinal (que está próximo do "piso" do ruído) até o máximo sinal sem distorção. A faixa dinâmica de um CD, por exemplo, é maior do que 90 dB, enquanto que num gravador cassete é em torno de 65 dB, o ouvido humano pode perceber sons dentro de uma faixa de 120 dB. Portanto, para um equipamento de áudio responder bem, do ponto de vista da dinâmica do som, teria que atender à uma faixa de 120 dB. Entretanto, adotou-se o valor de cerca de 90 dB para o CD, por ser a faixa dinâmica "normal" de execução de música.
Os amplificadores e mixers de boa qualidade (que não tenham ruído excessivo), normalmente têm uma faixa dinâmica muito boa, superior a 96 dB. Atualmente, um equipamento com relação sinal/ruído ou faixa dinâmica abaixo de uns 90 dB não terá qualidade suficiente para aplicações profissionais.
 
== Definição Alternativa ==
 
Alternativamente, a Relação sinal-ruído é recíproca ao [[Coeficiente de Variação]], isto é, a razão da [[Média]] do [[Desvio Padrão]] de uma medida de sinal.
 
:<math>
\mathrm{SNR} = \frac{\mu}{\sigma}
</math>
 
Onde <math>\mu</math> é o símbolo para [[Valor esperado]] e <math>\sigma</math> é o desvio padrão da medida.
 
=== SNR em Imagens por Ressonância Magnética===
 
Esta defnição alternativa é comumente utilizada no processamento de imagens. Podemos usar, por exemplo, em [[Imagem por Ressonância Magnética]] (RM), onde a sua qualidade é medida através da relação SNR.
A Relação sinal-ruido mede, em termos qualitativos, o sinal puro de RM. Vários tipos de ruído acontecem no RM: influência térmica, artefatos devido a movimentos feitos pelo paciente, etc. Quanto maior for o valor de SNR, menor serão os fatores que contribuirão para a degradação da imagem. Na técnica de RM, o ruído forma uma imagem granulada que se sobrepõe à imagem de real estudo, prejudicando sua análise. Para aumentar a SNR, em um sistema de RM, quanto maior for o campo magnético, maio será a quantidade de hidrogênios a se alinharem com o campo, logo, haverá um ganho no sinal. Podemos dizer, então, que quanto maior o campo magnético, em técnicas de RM, maior será o SNR<ref>http://www2.ic.uff.br/~aconci/ResonanciaMagneticaNuclear.pdf</ref>.
 
O Modelo de Rose ("The Rose Criterion", nomeado após a morte de [[Albert Rose (physicist)|Albert Rose]]) diz que uma SNR de, ao menos, 5 é necessária para distinguir imagens com 100% de precisão; uma SNR menor que 5, não consegue certificar uma imagem com certeza de 100%. O Modelo de Rose também é utilizado para diminuir possíveis ruídos em técnicas de RM <ref>http://cds.ismrm.org/ismrm-2000/PDF2/0462.pdf</ref>.
 
== Definição informal ==
26

edições