Telegrama Zimmermann: diferenças entre revisões

138 bytes adicionados ,  4 de abril de 2015
No caso disso não ser bem sucedido, nós propomos uma aliança com as seguintes bases ao México: Que nós façamos guerra juntos e façamos paz juntos. Nós forneceremos um generoso suporte financeiro, e no nosso entendimento o México virá a reconquistar os territórios perdidos do Novo México, Texas e Arizona. Os detalhes do assentamento são deixados para você.
 
Você está instruído a informar o Presidente [do MexicoMéxico] sobre acima na maior confidência assim que for certo que irá haver uma deflagração de guerra nos Estados Unidos e sugerir ao Presidente, em sua própria iniciativa, o convite ao Japão para imediatamente aderir a esse plano; ao mesmo tempo, oferecer-se para mediar as conversas entre Japão e nós mesmos.
 
Por favor chame a atenção do Presidente que o emprego implacável de nossos submarinos agora oferecem a perspectiva de forçar a Inglaterra a declarar paz em alguns meses."</blockquote>
 
[[Categoria:1917 nas relações internacionais]]
[[Categoria:Primeira Guerra Mundial]]
[[Categoria:Telegramas|Zimmermann]]
[[Categoria:Documentos históricos]]
[[Categoria:Incidentes diplomáticos]]
[[Categoria:Relações entre Alemanha e Estados Unidos]]
[[Categoria:Relações entre Alemanha e México]]
 
{{Link FA|he}}
154 150

edições