Diferenças entre edições de "Desenho arquitetônico"

23 bytes adicionados ,  05h00min de 9 de abril de 2015
 
*'''Estudo preliminar'''. O estudo preliminar, que envolve a análise das várias condicionantes do projeto, normalmente materializa-se em uma série de ''[[croquis]]'' e [[esboço]]s que não precisam necessariamente seguir as regras tradicionais do desenho arquitetônico. É um desenho mais livre, constituído por um traço sem a rigidez dos desenhos típicos das etapas posteriores.
*'''Anteprojeto'''. Nesta etapa, com as várias características do projeto já definidas, (implantação, estrutura, elementos construtivos, organização funcional, partido, etc), o desenho já abrange um nível maior de rigor e detalhamento. No entanto, não costuma ser necessário informar uma quantidade muito grande, nem muito trabalhada, de detalhes da construção. Em um projeto residencial, por exemplo, costuma-se trabalhar nas escalas 1:100 ou 1:200. Nesta etapa ainda são anexadas [[Perspectiva (gráfica)|perspectiva]]s feitas à mão ou produzidas em ambiente gráfico-computacional para permitir melhor compreensão do projeto.
*'''Projeto legal''' ou '''Projecto de licenciamento'''. Corresponde ao conjunto de desenhos que é encaminhado aos órgãos públicos de fiscalização de edifícios. Por este motivo, possui algumas regras próprias de apresentação, variando de cidade em cidade. Costuma-se trabalhar nas mesmas escalas do anteprojeto.
*'''Projeto executivo''' ou '''Projecto de execução'''. Esta etapa corresponde à confecção dos desenhos que são encaminhados à obra, sendo, portanto, a mais trabalhada. Devem ser desenhados todos os detalhes do edifício, com um nível de complexidade adequado à realização da construção. O projeto básico costuma ser trabalhado em escalas como 1:50 ou 1:100, assim como seu detalhamento é elaborado em escalas como 1:20, 1:10, 1:5 e eventualmente, 1:1.
18 556

edições