Diferenças entre edições de "Rio Oiapoque"

1 051 bytes adicionados ,  14h35min de 14 de abril de 2015
Inserção de dados, referência e acerto estético
m (A migrar 11 interwikis, agora providenciados por Wikidata em d:q1541246)
(Inserção de dados, referência e acerto estético)
|delta =
|afluentes =
|país = {{BRA}}<br/>{{GUF}}Brasil e Guiana Francesa
|país_bacia = {{BRA}}<br/>{{GUF}}
}}
O '''rio Oiapoque''' é um [[riocurso d'água]] que delimita a fronteira entre o [[estado (subdivisão)|estado]] [[brasil]]eiro do [[BrasilAmapá]] e o [[Guianadepartamentos Francesa]],de queultramar|departamento node Brasilultramar]] banhafrancês oda [[estadoGuiana (subdivisão)Francesa|estadoGuiana]]. doO Oiapoque nasce na [[Amapáserra Tumucumaque]]. Em(ou Tumuc-Humac) e em seu trajeto, é também chamado de ''Oyapock'', ''Iapoco'', ''Iapoc''.{{nota Entrede osrodapé|Verificam-se séculosdiversas XVIgrafias epelas XVIII[[historiografia]]: Guayapoco, foiHiapoco, chamadoIapoc, aindaIapoco, deJapoc, ''rioJapoco, deOiapoc, VicenteOjapoc, Pinzón''Ouarypoco, emOuayapoco, homenagemOujapoc, aOuyapoc, [[VicenteOuiapok, YáñezOuayapoco, Pinzón]]Ouyapok, navegadorOviapoc, espanholOyapoc, queOyapoco, teriaOyapock, descobertoOyapok, aentre suaoutras.<ref name="Bolet" />}} Deságua no [[oceano Atlântico]] após percorrer cerca de foz350&nbsp;km.
== Etimologia ==
Segundo [[Carl Friedrich Philipp von Martius|Von Martius]], célebre [[botânica|botânico]] alemão do [[século XIX]], a palavra Oiapoque vem do [[língua tupi|tupi]] ''Oyapok'' e significa «[águas] que saltam por diversas partes», teoria que é corroborada pelo historiador [[João Barbosa Rodrigues]], o qual também acredita na interpretação «águas que se arrebentam» ou «rio das corredeiras, encachoeirado».<ref name="Bolet" >{{citar livro|autor=Confrades e sócios|título=Boletim da SBG|editora=Sociedade Brasileira de Geografia|ano=1950|páginas=292|id=}}</ref>
 
Tal tese é muito aceita, já que a partir da cidade de [[Clevelândia]] o rio é repleto de [[corredeira]]s.
Nasce na [[Serra Tumucumaque]] (ou Tumuc-Humac) e vai desaguar no [[Oceano Atlântico]], percorrendo cerca de 350&nbsp;km. Ao longo do seu percurso, delimita a [[fronteira Brasil-França|fronteira entre o Brasil e a Guiana Francesa]].
 
== História ==
Entre os séculos XVI e XVIII, foi chamado ainda de «rio de Vicente Pinzón», em homenagem ao explorador espanhol [[Vicente Yáñez Pinzón]], que teria descoberto a sua foz em 1500.
 
{{notas}}
{{referências}}
{{esboço-geobr}}