Diferenças entre edições de "Andrew Adamson"

50 bytes removidos ,  19h56min de 21 de abril de 2015
sem resumo de edição
 
 
'''Andrew Ralph Adamson [[Ordem do Mérito da Nova Zelândia|MNZM]]''' ([[Auckland]], [[1 de dezembro]] de [[1966]]) é um [[diretor de cinema|cineasta]] [[Nova Zelândia|neozelandês]] . Ficou mais conhecido pelo seu belo trabalho em [[Shrek]], da [[DreamWorks]]. É muito extrovertido e muito inteligente; ficouFicou mais famoso ainda pelo seu belo trabalho em [[As crônicas de Nárnia: O Leão, a Feiticeira e o Guarda-roupa]], e [[As Crônicas de Nárnia: Príncipe Caspian]], que juntos, conseguiram lucrar mais de 1 bilhão e 300 milhões em bilheteria mundial.
 
== DreamWorks ==
Seu primeiro filme foi de [[animação]] [[Shrek]] ([[2001]]), o qual foi um grande sucesso mundial e que ganhou o [[Oscar]] de '''Melhor Filme de Animação''' e indicado na categoria de '''Melhor Roteiro Adaptado'''. Adamson ainda não era muito conhecido, mas foi carentemente acolhido pelos estúdios de animação da [[DreamWorks]], que fora feito para fazer competição com a [[Pixar]] da [[Walt Disney]]. Depois do sucesso, três anos depois estava sendo lançado nos cinemas [[Shrek 2]] ([[2004]]), lucrando o dobro de seu antecessor.
 
== Walden Media ==
Em [[2005]] fora cogitado para poder dirigir pela primeiro vez um filme com pessoas de verdade. A [[Walden Media]] que o indicou a esse cargo acreditando grandemente nele. [[As crônicas de Nárnia: O Leão, a Feiticeira e o Guarda-roupa]], que foi aclamado pela crítica e sucesso de bilheteria,conseguindo mais de 700 milhões de dólares. Em [[2008]] estava sendo lançado [[As Crônicas de Nárnia: Príncipe Caspian]]. Andrew Adamson foi novamente cogitado como [[diretor]] e também participou desse novo longa como [[roteirista]]. Porém, o segundo não teve uma arrecadação muito grande quanto a do primeiro longa,também influenciado pela data de estréia,junto com grandes blockbusters como Indiana Jones e Batman [[The Dark Knight]] . O principal público era, sem dúvida alguma, os cristãos, que amavam as crônicas.
2 874

edições