Diferenças entre edições de "613 mandamentos"

14 bytes removidos ,  13h56min de 28 de abril de 2015
bot: revertidas edições de 200.146.47.130 ( modificação suspeita : -18), para a edição 41936452 de Gean
(OI)
(bot: revertidas edições de 200.146.47.130 ( modificação suspeita : -18), para a edição 41936452 de Gean)
{{Religiosidade judaica}}
Os 666 YOOOOOOOLOOOOO'''613 mandamentos''' ou '''613 [[mitzvot]]''' (do [[Língua hebraica|hebraico]]:'''תרי"ג מצוות''' ou ''Taryag mitzvot'' sendo TaRYaG um acrônimo do valor numérico "613") é o nome dado ao conjunto de todos os mandamentos que, de acordo com o [[judaísmo]], constam na [[Torá]] (os cinco livros de [[Moisés]]).<ref name="Chabad"/> De uma forma geral, a expressão "A Lei de Moisés" (em hebraico ''Torat Moshé'' '''תורת משה''') também é utilizada em referência ao corpo legal judaico.
 
Apesar de que houve muitas tentativas de codificar e enumerar os mandamentos contidos na Torá, a visão tradicional é baseada na enumeração de [[Maimônides]]. De acordo com essa tradição, estes 613 mandamentos estão divididos em "mandamentos ''positivos''", no sentido de realizar determinadas ações (''mitzvot assê'', mandamentos do tipo "faça!", obrigações<ref name="Chabad"/>) e "mandamentos ''negativos''", na qual se deve abster de certas ações (''mitzvot ló taassê'', mandamentos do tipo "não faça!", proibições<ref name="Chabad"/>). Existem 365 mandamentos negativos, correspondendo ao número de dias no [[calendário solar|ano solar]], que é como se cada dia dissesse à pessoa "Não cometa uma transgressão hoje";<ref name="Chabad">[http://www.chabad.org.br/mitsvot/index.html Beit Chabad] Os 613 preceitos da Torá</ref> e 248 mandamentos positivos, relacionado ao número de [[osso]]s ou órgãos importantes no [[corpo humano]],<ref>[[Talmud Babilônico]], Tratado Makot 23b-24a. Como afirmado na [http://www.jewishvirtuallibrary.org/jsource/Judaism/mitzvot.html Jewish Virtual Library]: "Há um completo entendimento que essas 613 mitzvot podem ser quebradas em 248 mitzvot positivas (uma para cada osso e órgão do corpo masculino) e 365 mitzvot negativas (para cada dia do ano solar)".</ref> isto é, como se cada membro dissesse à pessoa: "Cumpra um preceito comigo".<ref name="Chabad"/> Apesar de que o número 613 é mencionado no Talmud, sua significância real cresceu na literatura rabínica medieval tardia, incluindo muitos trabalhos listados ou arranjados pelas mitzvot.