Batalha de Monte Caseros: diferenças entre revisões

149 bytes adicionados ,  03h51min de 2 de maio de 2015
m
m (correção linguística)
 
== Curiosidades ==
 
[[Ficheiro:Batalha dos Santos Logares (3 de fevereiro de 1852).jpg|thumb|300px|left|Batalha dos Santos Lugares ([[3 de fevereiro]] de [[1852]]).]]
 
Nesta batalha o [[Exército Brasileiro]] empregou cerca de uma centena de atiradores de elite alemães, contratados. Estes homens, equipados com então modernos fuzis de agulha [[Dreyse]], foram estrategicamente distribuídos entre as unidades de [[Infantaria]], sob o comando do Capitão [[Francisco José Wildt]] da [[Guarda Nacional de São Leopoldo]]. A sua missão foi a de caçar os artilheiros de Rosas no seu raio de alcance, facilitando essa surpresa tática o rompimento das posições de [[Artilharia]] inimiga, e a penetração do [[2º Regimento de Cavalaria]], sob o comando do então Tenente-coronel [[Manuel Luís Osório]], futuro Marques do Herval. Estes mercenários alemães passaram à história com o apelido de "[[brummer]]" (resmungões).
 
4 412

edições