Diferenças entre edições de "António Carreira"

9 bytes removidos ,  20h52min de 2 de maio de 2015
m
Corrige: Macario e não Macário, tal como pode ser confirmado nas obras publicadas por este autor.
m (Corrige: Macario e não Macário, tal como pode ser confirmado nas obras publicadas por este autor.)
Dalton, James (1998), “Iberian organ music before 1700”, in Thistlethwaite, Nicholas e Webber, Geoffrey (ed.), The Cambridge Companion to the Organ, pp. 164-175, Cambridge, Cambridge University Press.
 
Kastner, MacárioMacario Santiago (1950), “Los manuscritos musicales n.º 48 y 242 de la Biblioteca General de la Universidad de Coimbra”, Anuário Musical, Barcelona, CSIC, vol. V, pp. 78-96.
 
Kastner, MacárioMacario Santiago (1966), “Vestigios de la Arte de Cabezón en Portugal”, Anuário Musical, Barcelona, CSIC, vol. XXI, pp. 105-121.
 
Kastner, MacárioMacario Santiago e Fernandes, Cremilde Rosado (1969), Antologia de Organistas do Séc. XVI, Portugaliae Musica, vol. XIX, Fundação Calouste Gulbenkian.
 
Kastner, MacárioMacario Santiago (1973), Kompositionen fur Tasteninstrumente: Antonio de Cabezón und Zeitgenossen, Antonio de Cabezón y Contemporáneos, Composiciones para Instrumentos de Tecla, Musikverlag Wilhelm Zimmermann.
 
Kastner, MacárioMacario Santiago (1973), “Orígenes y evolución del tiento para instrumentos de tecla”, Anuário Musical, Barcelona, vol. XXVIII, pp. 11-86. [ver em especial pp. 52-56]
 
Kastner, MacárioMacario Santiago (1979), Três Compositores Lusitanos: António Carreira, Rodrigues Coelho, Pedro de Araújo, Fundação Calouste Gulbenkian. [pp. 11-26]
 
Kastner, MacárioMacario Santiago (1980), “Carreira, António”, The New Grove Dictionary of Music and Musicians, London, MacMillan, volume 3, pp. 824-825.
 
Lessa, Elisa (1992), A Actividade Musical na Sé de Braga no Tempo do Arcebispo D. Frei Agostinho de Jesus (1588-1609), Tese de Mestrado em Ciências Musicais, Coimbra, Faculdade de Letras, Universidade de Coimbra, Policopiado [pp. 69-73].
Nery, Rui Vieira (1984), A Música no Ciclo da Bibliotheca Lusitana, Lisboa, Fundação Calouste Gulbenkian.
 
Nery, Rui Vieira (1992), “António Carreira, o Velho, Fr. António Carreira e António Carreira, o Moço: Balanço de um Enigma por Resolver”, Livro de Homenagem a MacárioMacario Santiago Kastner, Lisboa, Fundação Calouste Gulbenkian, pp. 405-430.
 
Nery, Rui Vieira (2002), António Carreira: Tentos e Fantasias, Notas ao Disco de João Vaz, Lisboa, Portugaler, Audiopro Lda, Portugal, DDD 2004-2 SPA.
Hora, Joaquim Simões da (1994), Lusitana Musica: Órgãos Históricos Portugueses: Évora e Porto, Volume I, EMI Classics, AAD Digital remastering of LP 7497301 and LP 6540391, 777 7 547 55 2 4. [Contém a gravação de 5 Peças de Carreira].
 
Torrent, Montserrat (1971), Portugaliae Musica: Orgelwerke Des 16. Jahrhunderts: António Carreira, Manuel Rodrigues Coelho, Heliodoro de Paiva, Alemanha, Archiv, [LP, vinil], [Contém a gravação de 7 Peças de Carreira], Notas de Programa do disco: MacárioMacario Santiago Kastner, Gravado em Évora (Portugal), Catedral, 26. 6. 1970, 
Órgão construído em 1562, Este disco foi feito em colaboração com a Fundação Gulbenkian, Estúdio Musikhistorisches da Deutschen Grammophon Gesellschaft, Manufacturado pela Deutsche Grammophon, Hamburg, 
Imprimido na Alemanha, Contracapa inclui notas em Alemão, Inglês e Francês e registações do órgão, Número de Matriz (Lado A Run-out): ℗ 1971 A71 ◇V 00 2533 069 S1; Número de Matriz (Lado B Run-out): ℗ 1971 A71 ◇V 00 2533 069 S2.
 
Vaz, João (2002), António Carreira: Tentos e Fantasias, Portugaler, Audiopro Lda, Lisboa, Portugal, DDD 2004-2 SPA. [Contém a gravação de 15 Peças de Carreira].
2 236

edições