Abrir menu principal

Alterações

sem resumo de edição
 
== História ==
[[Imagem:Inpe (Cuiaba).jpg|thumb|Antenas da estação de rastreiamento de satélites do INPE, em [[Cuiabá]]]]
 
O INPE nasceu da vontade de alguns brasileiros de fazer com que o País participasse da conquista do espaço iniciado nos [[Década de 1950|anos 50]]. O [[Brasil]] começou a trilhar este caminho ao mesmo tempo em que as nações desenvolvidas lançavam os primeiros [[Satélite artificial|satélites]] artificiais da [[Terra]].
 
 
No final da década de 1970, o INPE ingressou em nova fase de sua [[história]], com a aprovação pelo [[Governo Federal (Brasil)|Governo Federal]] da Missão Espacial Completa Brasileira (MECB); o Instituto acrescentou à sua vocação inicial, voltada a pesquisa e aplicações, o consequente desenvolvimento da [[tecnologia]] espacial. A experiência adquirida, durante duas [[década]]s, na utilização de [[Satélite artificial|satélites]] estrangeiros, demonstrava que um País com as dimensões continentais do Brasil, de imensas áreas pouco conhecidas e praticamente inabitadas, não podia prescindir do desenvolvimento de tecnologia espacial própria voltada a sua realidade que levasse à integração e ao conhecimento do seu [[território]].
 
[[Imagem:Relógio Solar (INPE).jpg|thumb|Relógio Solar na sede em São José dos Campos]]
 
No dia [[15 de março]] de [[1985]] , foi criado o [[Ministério da Ciência e Tecnologia (Brasil)|Ministério da Ciência e Tecnologia]] (MCT), passando o INPE a integrá-lo na qualidade de órgão autônomo da Administração Direta, o que lhe conferiu maior autonomia administrativa e financeira.
 
Em [[1989]], foi criada a Secretaria Especial da Ciência e Tecnologia (SCT), órgão vinculado à Presidência da República, a qual foram transferidos os assuntos de competência do extinto MCT, ocasião em que o INPE, na condição de órgão integrante da SCT, perdeu a sua autonomia administrativa e financeira.
 
[[Imagem:Relógio Solar (INPE).jpg|thumb|Relógio Solar na sede em São José dos Campos]]
 
No dia [[17 de outubro]] de [[1990]], é aprovada a Estrutura Regimental da SCT, passando o INPE a integrá-la na qualidade de órgão singular, como também a ser denominado Instituto "Nacional" de Pesquisas Espaciais, único Instituto de Pesquisa Espacial, em âmbito nacional.
 
== Missões de Satélites ==
*[[File:Amazonia-1.png|thumb|Concepção artística do satélite Amazônia-1.]]Satélite de Coleta de Dados (SCD-1)
** [[Satélite de Coleta de Dados 1|SCD-1]]
** [[SCD-2]]
** [[CBERS|CBERS-2B]]
* Amazônia
** [[Amazônia-1]] (em projeto)
 
== Unidades ==
* Coordenação de Engenharia e Tecnologia Espacial: responsável pelo projeto e desenvolvimento de satélites (plataforma e cargas úteis).
[[Imagem:Inpe (Cuiaba).jpg|thumb|Antenas da estação de rastreiamento de satélites do INPE, em [[Cuiabá]]]]
** Divisão de Sistemas Espaciais
** Divisão de Sistemas de Solo
2 503

edições