Trauma: diferenças entre revisões

863 bytes adicionados ,  4 de maio de 2015
m
Reversão de uma ou mais edições de 201.73.212.205 para a versão 42258181 de 201.73.212.205, com Reversão e avisos.
m (Reversão de uma ou mais edições de 201.73.212.205 para a versão 42258181 de 201.73.212.205, com Reversão e avisos.)
A palavra "trauma", do ponto de vista semântico, vem do grego trauma (plural: traumatos, traumas), cujo significado é “ferida”. A terminologia trauma em medicina admite vários significados, todos eles ligados a acontecimentos não previstos e indesejáveis que, de forma mais ou menos violenta, atingem indivíduos neles envolvidos, produzindo-lhes alguma forma de lesão ou dano. Uma das definições adotadas se refere ao conjunto das perturbações causadas subitamente por um agente físico, de etiologia, natureza e extensão muito variadas, podendo estar situadas nos diferentes segmentos corpóreos. Independente de sua melhor definição, o fato é que o trauma é uma doença que representa um problema de saúde pública de grande magnitude e transcedência no Brasil, que tem provocado forte impacto na morbidade e na mortalidade da população.
 
 
{{desambiguação}}