Abrir menu principal

Alterações

1 byte adicionado ,  20h23min de 8 de maio de 2015
m
correção do link da nota
Como chefe incontestável da família mais poderosa do Japão, ''Kiyomori'', estava numa posição invejável para influenciar o Imperador. Consegue, em [[1167]], durante o curto reinado do [[Imperador Rokujo|Imperador Rokujō]] (Yorihito) ser o primeiro membro de uma família guerreira a ser nomeado [[Daijō Daijin]], isto é: Primeiro Ministro e administrador, de facto, do governo imperial.
 
Em [[1179]], com a morte de sua filha ''Moriko'', a cujos cuidados [[Konoe Motomichi|Motomichi]] fora confiado em sua infância, ''Kiyomori'' e o ex-[[imperador Go-Shirakawa]], tiveram uma grande queda de braço. A pedido de [[Fujiwara no Motofusa|Motofusa]], ''Go-Shirakawa'' expropriou todas as terras que pertenciam a ''Motomichi'' e as deu a ''Motofusa''. Além disso, após a morte de [[Taira no Shigemori|Shigemori]] pouco tempo depois, o mesmo procedimento foi feito. Cabe salientar que todas essas terras eram ''Fujiwara'' e foram entregue aos ''Taira'' com a morte de [[Konoe Motozane]]. ''Motomichi'' também sai prejudicado, embora líder legal dos ''Fujiwara'', sendo neto de ''Kiyomori'', e com idade legal, lhe fora negado o cargo de [[Chūnagon]], e dado ao filho de ''Motofusa'', [[Matsudono Moroie|Moroie]] <ref name=z> ''Frank Brinkley'' and ''Dairoku Kikuchi''. [https://books.google.com.br/books?id=bzRen1dcdTwC&pg=PT716#v=onepage&q&f=false A History of the Japanese People from the Earliest Times to the End of the Meiji Era].{{en}} New York: Encyclopædia Britannica, 1915 pp. 716 - 717. {{OCLC|413099}} </ref>.
 
''Kiyomori'' se sentiu desafiado. Partindo de sua casa de campo em ''Fukuhara'', na [[província de Settsu]], à frente de uma grande tropa, colocou o ex-imperador em confinamento rigoroso no ''palácio Toba'', segregando-o completamente do mundo oficial e privando-o de todas as funções administrativas, baniu ''Motofusa'' e o [[Daijō Daijin]] [[Fujiwara no Moronaga]], ele demitiu os trinta e nove altos funcionários que serviam ''Go-Shirakawa'', nomeou ''Motomichi'' para o cargo de ''Kanpaku'', e a ''Munemori'', deu a função de guardar [[Quioto]], dando-lhe fortes guarnições de tropas leais aos Taira ao norte e ao sul da capital <ref name=z/>.