Abrir menu principal

Alterações

2 214 bytes adicionados, 22h38min de 15 de junho de 2015
sem resumo de edição
}}
 
''Drones'' recebeu críticas, em sua maioria, positivas. No site [[Metacritic]], ele recebeu uma nota 6766 (de 100) baseado em 2022 resenhas de críticos profissionais (nove foram favoráveis).<ref name="metacritic"/>
 
A revista ''[[Kerrang!]]'' deu uma nota máxima para o álbum, afirmando que era um "clássico claustrofóbico que afia o foco no que é possivelmente em nome do rock de pensamento alto".<ref name="metacritic"/> Já a revista ''[[Q (revista)|Q]]'' disse que, apesar da banda ter falado que o disco seria uma "volta as origens", ''Drones'' é "tudo menos 'de volta ao básico' de [[garage rock]]... condizente com sua narrativa conceitual [[New prog|progressiva]] sobre controle da mente, é um álbum de interesses desmedidos".<ref name="Q"/> David Fricke, da ''[[Rolling Stone]]'', disse que o disco era um "verdadeiro prazer" e o elogiou dizendo que "um bom ''update'' da base guitarra-baixo-bateria", completando afirmando que o disco era "o que o Muse sabe fazer de melhor".<ref name="rollingstone-review"/> A ''[[NME]]'' escreveu dizendo que ''Drones'' abordava temas rotineiros da banda como "lavagem cerebral, superpotências belicistas, supressão da Verdade e a necessidade de lutar contra as mãos que nos sangram, que ainda ressoa em 2015, mas obliquamente ... a música do Muse mais uma vez se iguala a intriga aventureira de Bellamy".<ref name="NME"/>
 
O site ''[[AllMusic]]'' disse que "é difícil não chegar a conclusão [do Muse] de que a guerra é ruim, mas a inclinação de escrever tudo em letras maiúsculas e grifadas é muito bom quando diz respeito a música".<ref name="Allmusic"/> Kitty Empire, do ''[[The Observer]]'', afirmou que, apesar das letras "banais" e tema "confuso", uma parte de ''Drones'' é, segundo ele, "bem executado".<ref name="observer-review"/> Ian Cohen, do site [[Pitchfork Media|Pitchfork]], achou que ''Drones'' faltou sutileza e criticou as letras das canções, afirmando: "qualquer prazer que possa ser gerado pela melodia admirável de Bellamy, isso é negado pela insistência do Muse em tentar ser profundo ao invés de divertido".<ref name="pitchfork-review"/> Oliver Keens, da revista ''[[Time Out (revista)|Time Out London]]'', disse que o jeito como o álbum abordou o tema dos [[Veículo aéreo não tripulado|''drones'']] (ou VANTs) é de um jeito "sem tato e grosseiro" e a história é "tão entediante como comida de cachorro – de um teórico da conspiração bem fraquinho ... Nós costumávamos reclamar que os músicos não tratavam mais de temas políticos. Baseado neste trabalho [do Muse], talvez tenha sido melhor fazer nada mesmo".<ref name="Time Out" /> A versão eletrônica do jornal ''[[Los Angeles Times]]'' também não deu um parecer favorável ao álbum, dizendo que "apesar de apostar no tema certo, ''Drones'' pode ter passado batido. Infelizmente, os esforços do Muse mal conseguem se erguer e nem conseguem sobreviver uma guerra contra mata-moscas".<ref name="latimes" />
 
== Tabelas ==
{{col-start}}
{{col-2}}
=== Paradas musicais ===
{|class="wikitable sortable"
|-
! scope="col"| Paradas (2012)
! scope="col"| Melhor<br/>posição
|-
| {{ALE}} ([[Media Control Charts|Media Control]])<ref name="charts" />
| style="text-align:center;"| 3
|-
| {{AUS}} ([[ARIA Charts]])<ref name="charts">[http://www.australian-charts.com/showitem.asp?interpret=Muse&titel=Drones&cat=a "Charts: Drones (album)"]. Página acessada em 15 de junho de 2015.</ref>
| style="text-align:center;"| 1
|-
| {{BEL}} [[Flanders]] ([[Ultratop 50]])<ref name="charts" />
| style="text-align:center;"| 1
|-
| {{BEL}} [[Valônia]] ([[Ultratop 40]])<ref name="charts" />
| style="text-align:center;"| 2
|-
| {{ESC}} ([[The Official Charts Company|Official Charts Company]])<ref name="GBR" />
| style="text-align:center;"| 1
|-
| {{IRL}} ([[Irish Albums Chart]])<ref>[http://www.chart-track.co.uk/index.jsp?c=p%2Fmusicvideo%2Fmusic%2Farchive%2Findex_test.jsp&ct=240002&arch=t&lyr=2015&year=2015&week=24 "GFK Chart-Track Albums: Week 24, 2015"]. ''[[Irish Recorded Music Association]]''. Página acessada em 15 de junho de 2015.</ref>
| style="text-align:center;"| 1
|-
| {{HOL}} ([[MegaCharts]])<ref name="charts" />
| style="text-align:center;"| 1
|-
| {{POL|pt-br}} ([[Związek Producentów Audio Video|ZPAV]])<ref>[http://olis.onyx.pl/listy/index.asp?idlisty=950&lang=en "Oficjalna lista sprzedaży :: OLIS - Official Retail Sales Chart"]. Página acessada em 15 de junho de 2015.</ref>
| style="text-align:center;"| 23
|-
| {{GBR}} ([[UK Albums Chart]])<ref name="GBR">[http://www.officialcharts.com/artist/4712/muse/ "Muse - Official Charts Company"]. Página acessada em 15 de junho de 2015.</ref>
| style="text-align:center;"| 1
|}
 
{{col-2}}
 
=== Certificações ===
{| class="wikitable" style="text-align:center;"
!País
!Certificador
![[Anexo:Certificações de vendas de discos no mundo|Certificação]]
|-
| style="text-align:left;"|{{GBR}}
|[[British Phonographic Industry|BPI]]
|{{Certificação|Prata}}<ref>[http://www.bpi.co.uk/certified-awards.aspx "British album certifications – Muse – Drones"]. [[British Phonographic Industry]]. Página acessada em 15 de junho de 2015.</ref>
|-
|}
{{col-end}}
 
== Histórico de lançamento ==