Diferenças entre edições de "Camelô"

1 byte removido ,  20h40min de 19 de junho de 2015
sem resumo de edição
m (Foram revertidas as edições de 187.67.17.230 para a última revisão de Max51, de 03h03min de 27 de março de 2015 (UTC))
[[Ficheiro:RioDowntown-CCBYSA.jpg|thumb|right|200px|[[Centro do Rio de Janeiro]].]]
[[Ficheiro:PracaSete.jpg|thumb|right|200px|[[Centro de Belo Horizonte]].]]
 
 
O comércio informal em [[São Paulo (cidade)|São Paulo]] se concentra nos locais onde há maior tráfego de pedestres, em especial os arredores de estações de metrô e terminais de ônibus, bem como os grandes centros de comércio popular como o [[Brás]], o [[Bom Retiro]] e a região da [[rua 25 de Março]]. Áreas históricas da cidade como a região do [[Vale do Anhangabaú|Anhangabaú]] já foram também locais de grande concentração de comércio ambulante mas, devido a iniciativas de regulamentação das últimas gestões na prefeitura, o número de camelôs nessa área tem diminuído muito, embora ainda seja possível encontrar alguns, muitas vezes vendendo produtos [[pirataria|piratas]]. Nas [[bairro nobre|áreas nobres]] da cidade praticamente não há comércio ambulante.
Utilizador anónimo